Modelo foi enganada por Latino, que teria feito o teste do sofá com ela

ReproduçãoReprodução

Yasmin Assis, 21 anos, modelo do Rio Grande do Sul que se candidatou ao concurso Miss Bumbum (mas não conseguiu, pois outra moça de seu estado já estava inscrita), disse ao blog que também tentou ser dançarina do Latino, mas que foi enganada pelo cantor que, segundo ela, lhe ofereceu um teste de mentira…

Tudo isso aconteceu em maio desde ano, segundo Yasmin. Latino já era casado com Rayanne Morais…

Veja aqui o desabafo dela por e-mail:

Em uma madrugada, achei o site do Latino e mandei e-mail dizendo de onde sou, minha idade, que dançava em um programa de TV gaúcho e que queria fazer um teste para ser bailarina dele. Mandei fotos minhas.

No outro dia, de manhã, recebi resposta, pediram meu telefone e disseram que o Latino havia se interessado pelo meu perfil. Passados alguns dias, ele me mandou mensagem no celular, pelo whatsapp, mas eu não acreditei muito, pois poderia ser uma pessoa qualquer se passando pelo Latino. Começamos a conversar.

Ele me convidou para fazer um teste em SP, onde o coreógrafo Jojo (que faria o tal teste comigo) estaria me esperando. Falei que estava sem dinheiro e não poderia ir, então me mandaram passagens de avião para o sábado, dia 11 de maio, e eu fui.

Chegando lá, fui super bem recepcionada pelo Latino, pelo Léo, seu produtor, pelo Jojo e por sua mãe, dona Regina Dirce, e inclusive seu macaquinho.

Algumas horas depois, o Latino me disse que o Jojo iria viajar e que meu teste ficaria para a próxima vez que eu fosse lá. Ele me chamou para conhecer onde o macaquinho dormia, que era do lado do seu quarto, e deu a entender que queria outras coisas… Como sou solteira e e ele é um pedaço de mau caminho (rsrs), não resisti. Dormimos juntos.

No dia seguinte era Dia das Mães. Sua ex-secretária Karen convidou para almoçar na casa dela com sua família. Antes de ir, o Latino combinou comigo e com a mãe dele que era para eu me passar por prima dele, pois se a Karen soubesse, contaria para a Rayanne.

À noite, quando chegamos na casa do Latino, ficamos na sala bebendo vinho. Dona Regina pediu para eu tirar uma foto minha e dela e mandar para o celular dela, pois ela brincava que eu parecia sua filha por também ser loira.

Fui ao banheiro e esqueci meu celular na sala. Quando voltei, tentava colocar minha senha e dava como se tivesse sido trocada. Depois de várias tentativas, o celular foi bloqueado. Comentei com o Latino e ele dizia que de repente alguém poderia ter clonado meu celular. Comecei a desconfiar dele, mas não falei nada, pois não tinha provas.

Pedi para ir embora no outro dia (segunda feira, dia 12). Quando cheguei na minha cidade, mandei meu celular na assistência técnica e ele voltou sem meus contatos de trabalho, sem as minhas fotos, inclusive as que tirei na casa dele, fiquei muito triste.

Depois disso, ainda falei com o Latino por mensagem no celular, mas logo ele me bloqueou e não respondeu mais. Perguntei para o corógrafo dele o que havia acontecido, que disse que não sabia de nada e também não respondeu mais nada.

Como achei sacanagem tudo isso, essa invasão de privacidade e a falta de consideração e desrespeito com meu sonho por parte do Latino, tenho alguns prints das conversas para provar o que estou falando. Antes de bloquear meu celular, eu havia mandado algumas coisas para minha melhor amiga. Como fui para SP correndo risco, pois poderia não ser o Latino que me chamou para fazer o teste (falso), achei melhor mandar tudo para ela.

A modelo Yasmin Assis mandou para o blog algumas dessas conversas que ela diz terem acontecido com Latino.

O blog mandou recado para Latino sobre o assunto e esse espaço está à disposição para ele dar sua versão.

Fonte: R7.com

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *