Maternidade do HUPAA mantém quadro de superlotação permanece

O Hospital Universitário permanece com o quadro de superlotação em todos os setores que fazem a assistência obstétrica e neonatal.

Entretanto, por determinação da direção da instituição, o serviço voltou a realizar a triagem e o internamento de gestantes desde a noite de ontem (18). Durante toda a segunda-feira, em função da situação crítica de superlotação, a maternidade havia fechado e os profissionais orientavam familiares e pacientes a buscarem assistência em outras unidades da rede SUS.

O quadro de gestantes acomodadas em macas, cadeiras e colchões no chão do corredor do setor de Pré-Parto permanece nesta terça-feira, mas o número de pacientes foi reduzido.

O setor de Pré-Parto registra neste início de manhã 23 gestantes; ou seja, 11 pacientes extras. O alojamento conjunto (onde as mães ficam os recém-nascidos) registra 56 pacientes. O número de leitos do setor é 48, o que significa oito pacientes extras.

A superlotação na assistência neonatal também permanece. Na UCI do HU, todos os 16 leitos estão ocupados; a UTI neonatal do HU tem 14 pacientes e capacidade para 10 leitos; a UTI da Santa Mônica, que está funcionando temporariamente no hospital, dispõe de 15 leitos e hoje tem 22 pacientes internados.

Até o momento, os gestores da Saúde (Estado e Município) não entraram em contato com a direção do Hospital Universitário para discutir soluções para garantir o atendimento adequado às gestantes e reduzir a superlotação na maternidade.

Fonte: Ascom HUPAA

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *