Patriots tiram doce da boca dos Seahawks e ganham o Super Bowl

ABCNewsTom Brady

Tom Brady

Alguns dizem que é o ‘time da modinha’, outros insinuam que é a ‘equipe da trapaça’. Mas mesmos estes terão dificuldades depois deste domingo para não admitir que o atual New England Patriots é o melhor time da história da NFL. Ou ao menos que a parceria entre o QB Tom Brady e o técnico Bill Belichik é a melhor de todas. Com mais um dia inspiradíssimo do marido de Gisele Bundchen, os Pats mostraram toda a sua força neste domingo para conseguir uma linda virada, bater o Seattle Seahawks por 28 a 24 e ficar com mais um anel de campeão.

A decisão foi de reviravoltas e heróis para lá de improváveis. O primeiro a aparecer foi Jeremy Lane. O defensor nunca havia feito uma interceptação na carreira. Até essa noite. Ele pegou uma bola quase dentro da end zone e evitou que os Patriots abrissem o placar logo no início do jogo.

O primeiro tempo, porém, seria mesmo dos Patriots pela maior parte dos minutos. Mesmo com a interceptação, Tom Brady controlou como quis o relógio e sempre esteve em vantagem. Ele abriu o placar com LaFell, até tomou o empate em uma corrida de Lynch, mas depois voltou a frente do placar lançando para Gronkowski.

O finalzinho do segundo quarto, porém, mudaria a história do jogo pela primeira vez. E com outro desconhecido do lado dos Seahawks. Chris Matthews nunca havia sido lançado na vida, mas resolveu aparecer para fazer recepções e mudar o ânimo de Seattle. Ele já havia participado da jogada do primeiro TD e garantiu o empate a dois segundo do fim com uma lindíssima recepção.

A virada emocional deixou os Seahawks com a mão no título no segundo tempo. Primeiro com um field goal e depois com um TD de Doug Baldwin, abrindo uma vantagem de 10 pontos.

Mas quem tem Tom Brady nunca dá nada por perdido. O QB não se desesperou jamais e comandou a virada no último quarto. Foram duas campanhas praticamente perfeitas que culminaram em touchdowns de Amendola e Eldeman.

Além de comandar a virada, Brady ainda se firmou como a maior lenda da história do Super Bowl. Ele deixou Joe Montana para trás e agora é o QB com mais passes para touchdowns na história da grande decisão do futebol americano. São 13 agora.

O jogo, porém, não estava acabado. E tinha cara de mais uma reviravolta. Os Seahawks conseguiram uma recepção espírita de Lochette e cruzaram o campo todo para chegar na linha de uma jarda. Parecia óbvio: o imparável Marshawn Lynch cruzaria a linha final para garantir a virada. Mas não! Russell Wilson foi para o passe e… acabou interceptado. E por Butler, outro que jamais havia aparecido decisivamente na defesa dos Patriots.

Estava sacramentado ali o quarto título do New England Patriots. O quarto título nos últimos 14 anos. O quarto título de Tom Brady e Bill Belichick.

Os Pats empatam agora com New York Giants e Green Bay Packers como os terceiros maiores campeões da liga. Só Dallas Cowboys (5) e Pittsburgh Steelers (6) têm mais. E pensar que em 2000, quando Belichick e Brady chegaram, New England sequer estava no mapa das melhores equipes da NFL.

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações