Sesau conscientiza foliões sobre os cuidados no trânsito durante o Carnaval

Assessoria/DivulgaçãoAssessoria/Divulgação

“Carnaval é para curtir. Se beber, não vá dirigir”. É com esse slogan que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) inicia a campanha para conscientizar a população de que, para aproveitar a folia, existem outras opções que evitam a combinação álcool e direção e podem garantir um comportamento seguro no trânsito.

Uma das formas de mobilizar a sociedade para o respeito às leis de trânsito e evitar acidentes é aquela máxima de “se beber, passe a chave ou pegue um táxi ou ônibus”. O alerta é do coordenador do Comitê Estadual de Trânsito da Sesau, Eloy Yanes. Ele informou que, apesar das mobilizações, os números ainda são preocupantes.

De acordo com o Serviço de Arquivo Médico e Estatístico (Same) do Hospital Geral do Estado (HGE), nos últimos cinco anos, o HGE atendeu mais de 600 vítimas de acidentes de trânsito no período do Carnaval. Apenas no ano passado, foram 41 casos de colisão, 22 de atropelamento, 18 de capotamento e 67 de acidente de moto.

“Respeitar as leis de trânsito, os limites de velocidade e não dirigir depois de beber são regras já conhecidas e que fazem toda a diferença na hora de curtir o Carnaval com segurança”, pontuou Eloy Yanes. Ele destacou ainda a importância do respeito à Lei Seca e a consciência da diversão com responsabilidade.

Ações educativas – Para orientar os condutores sobre os cuidados no trânsito durante o período de Carnaval, a Sesau programou uma série de ações educativas. A primeira acontece no sábado (07 de fevereiro), na Ponta Verde, durante o desfile do bloco Pinto da Madrugada.

“Vamos sair no bloco com o entusiasmo de mobilizar a sociedade para que de fato as pessoas incorporem a ideia de que álcool e direção é uma combinação fatal”, acrescentou Yanes. Também está na programação, ações educativas no trevo da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, na quinta-feira (12 de fevereiro), e na via principal de acesso à cidade de Paripueira, na sexta-feira (13 de fevereiro).

Cuidados – O carnaval é um período de alegria e diversão e não combina com o sofrimento decorrente dos acidentes ou outros problemas. Por isso, recomenda-se que, se beber, passe a chave ou pegue um táxi ou ônibus; beba água regularmente, hidrate-se; seja consciente, use camisinha; alimente-se bem e use roupas leves e calçados confortáveis; se for viajar, descanse antes de pegar a estrada e use sempre o cinto de segurança.

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações