Nem Fred nem Adriano, FlaFlu acaba no 0.

Ricardo Ayres/Photocamera/DivulgaçãoRicardo Ayres/Photocamera/Divulgação

Muito se falou do duelo entre Adriano e Fred. Porém, ambos decepcionaram e o resultado final no primeiro clássico carioca do Brasileiro foi um 0 a 0, neste domingo, no Maracanã, pela oitava rodada da competição nacional. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 11 pontos, na sétima posição. Já o Tricolor das Laranjeiras, que viu Thiago Neves atuar pela última vez com a camisa do clube, soma 10, em 13º.

As duas equipes voltam a campo em datas distintas. No próximo sábado, o Flamengo enfrentará o Vitória, no Engenhão. Já o Fluminense, no dia 8 de julho, pega o Corinthians, no Pacaembu.

O clássico reservou emoções logo no início. Apesar da escalação defensiva no papel, o meio-campo tricolor dava mais liberdade para Conca criar as jogadas para o Fluminense. Do outro lado, o Flamengo também ameaçava. Aos 12, Ricardo Berna teve de fazer grande defesa depois de cruzamento de Everton.

Após a pressão do Fluminense nos minutos iniciais, o Flamengo equilibrou o jogo e a partida ficou parelha. Apesar dos vários passes errados no meio-campo, as equipes se aproximavam da área adversária, mas os goleiros não eram muito acionados. Aos 27, Fred cabeceou nas mãos de Bruno.

Como a rivalidade do clássico sugeria, muitas faltas no meio-campo, algumas delas desleais. Atrações antes da partida, Adriano, que usou a camisa de número 100 do Flamengo, e Thiago Neves, na sua última partida pelo Fluminense, eram apenas discretos. Ao contrário de ambos, Fred dava trabalho para a zaga rubro-negra. Ibson perdeu chance clara no último minuto do primeiro tempo.

O segundo tempo foi mais quente. Fred seguia bem e Adriano começava a dar o ar da graça. Do camisa 9 do Fluminense partiu bom arremate à esquerda do gol de Bruno. Do Imperador, o passe para Everton cruzar para Emerson desperdiçar grande chance aos 10.

Três minutos mais tarde, a melhor chance do jogo. Ricardo Berna, que vinha bem, falhou e soltou a bola nos pés de Emerson, que arrematou fraco. Edcarlos tirou antes da bola ultrapassar a linha de gol.
A falta de criatividade do meio-campo do Flamengo fez com que a torcida pedisse a presença de Petkovic, que acabou entrando no lugar de Everton. Do outro lado, o veloz Alan substituiu Conca. Alteração que não agradou os torcedores do Fluminense.

Apesar das alterações, as equipes não construíam mais chances relevantes de gol. Na sua despedida, Thiago Neves passou longe de brilhar. Adriano, grande expectativa rubro-negra, também acabou decepcionando. Embora acionado, Fred também passou em branco.

FLUMINENSE 0 x 0 FLAMENGO

FLUMINENSE
Ricardo Berna, Mariano, Luiz Alberto, Edcarlos e João Paulo; Wellington Monteiro (Marquinho), Diguinho, Fabinho e Conca (Alan); Thiago Neves e Fred
Técnico: Carlos Alberto Parreira

FLAMENGO
Bruno; Fabrício, Welinton e Willians; Leonardo Moura (Everton Silva); Toró, Ibson, Everton (Petkovic) e Juan; Adriano e Emerson
Técnico: Cuca

Data: 2811/2008 (domingo)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho
Auxiliares Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Marco Aurelio dos Santos Pessanha
Cartões amarelos: Luiz Alberto e Edcarlos (Fluminense); Ibson, Everton Silva e Willians (Flamengo)

Fonte: UOL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *