Novos senadores tomam posse em Plenário lotado

Cerimônia de posse dos novos senadores
Cerimônia de posse dos novos senadores

Quatro novos senadores tomaram posse hoje à tarde, em cerimônia conduzida pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que contou com a presença de cerca de 500 convidados, segundo a Polícia Legislativa. Os novos parlamentares eram suplentes dos senadores que renunciaram para assumir cargos nos Executivos estaduais no dia 1º de janeiro.

Adelmir Santana (PFL-DF) passa a ocupar a vaga deixada pelo vice-governador do Distrito Federal, Paulo Otávio (PFL); José Nery Azevedo (PSOL-PA) substitui a governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT); Paulo Duque (PMDB-RJ) assume a vaga deixada pelo chefe do Gabinete Civil do Rio de Janeiro, Regis Fichtner (PMDB), que, por sua vez, ocupava a cadeira deixada pelo governador do estado, Sérgio Cabral, também do PMDB; por fim, Neuto de Conto (PMDB-SC) assume a vaga de Leonel Pavan (PSDB), vice-governador de Santa Catarina.

A cerimônia de posse, que geralmente ocorre no gabinete do presidente do Senado, foi transferida para o Plenário devido ao grande número de convidados. Os novos senadores prestaram compromisso, de acordo com o Regimento ("Prometo guardar a Constituição federal e as leis do país, desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador que o povo me conferiu e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil"), e foram empossados por Renan Calheiros.

Renan deu boas-vindas e manifestou aos novos parlamentares seus votos de um profícuo mandato nos próximos quatro anos. Ele se dirigiu a cada um deles, "homens competentes e experientes", segundo o presidente, destacando aquelas características de suas trajetórias políticas e pessoais que, na opinião do presidente do Senado, em muito contribuirão para o bom desempenho das atividades do Legislativo, principalmente no que se refere às reformas Política e Tributária. Em seguida, Renan passou a palavra aos empossados.

Participaram da solenidade os senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Valdir Raupp (PMDB-RO), Edison Lobão (PFL-MA), Cristovam Buarque (PDT-DF), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Heloísa Helena (PSOL-AL) e José Jorge (PFL-PE); os governadores José Roberto Arruda (PFL-DF) e Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC); os vice-governadores e ex-senadores Paulo Otávio (PFL-DF) e Leonel Pavan (PSDB-SC), o senador licenciado e ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB-MG); e os deputados Mauro Benevides (PMDB-CE), ex-presidente do Senado, Michel Temer (SP), presidente do PMDB, e Wilson Santiago (PMDB-PB), líder do partido na Câmara.

Agência Senado

Veja Mais

Deixe um comentário