Jarbas Omena fala sobre ação da polícia em Pilar

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e prefeito de Messias, Jarbas Omena (PSDB), comentou a ação conjunta realizada hoje pela manhã pelas polícias Civil, Militar e Federal, no município de Pilar. A ação teve como principal alvo o recolhimento de provas que sirvam para ajudar na elucidação do assassinato do vice-prefeito Gilberto Pereira, o Beto Campanha, que foi morto a tiros no dia 19 de janeiro, nas proximidades do supermercado Makro, no bairro do Tabuleiro.

“A AMA pede que as coisas sejam feitas com cautela, sem atingir ou denegrir a imagem de ninguém, para que não sejam praticadas injustiças”, afirmou Jarbas Omena. Para ele, a população pode passar por um clima de tensão e o município precisa seguir com sua normalidade administrativa. “É preciso que tudo seja esclarecido, mas sem que para isso aconteça uma teatralização da operação desenvolvida. O município do Pilar é um pólo econômico do Estado e precisa continuar caminhando”, acrescentou.

Hoje pelo manhã, homens das polícias Civil, Militar e Federal, realizaram uma operação conjunta na sede da prefeitura de Pilar. Os policiais estavam cumprindo mandados de apreensão e busca por ordem do Ministério Público Estadual, que visam auxiliar na elucidação de Beto Campanha. Jarbas Omena disse ainda que conversou com o prefeito Marçal Prado (PSDB) quando demonstrou sua preocupação com a invasão ao prédio-sede da prefeitura municipal pelos policiais.

“Conversei com o prefeito Marçal Prado e garanti o apoio da Associação dos Municípios para que os fatos sejam devidamente esclarecidos. Nos preocupa em muito a invasão do prédio da prefeitura”, concluiu o presidente da AMA.

Veja Mais

Deixe um comentário