Portuguesa se recupera na Série B

A Portuguesa se recuperou na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de quatro partidas sem conseguir obter uma vitória, o time paulista fez 2 a 0 sobre o Criciúma nesta terça-feira, no Canindé, e se consolidou entre os líderes da competição.

A vitória leva a Portuguesa a 17 pontos. Assim, o time dirigido por Giba fica a quatro do líder Santo André e sobe para a terceira posição da Série B. O Criciúma, em contrapartida, estaciona nos dez pontos e fica com a 18ª colocação, na zona de rebaixamento para a Terceira Divisão.

A equipe de Santa Catarina ainda perde uma seqüência positiva de dois jogos. O Criciúma havia passado duas últimas rodadas sem perder na Série B (2 a 1 sobre o União Barbarense e 1 a 1 com o Guarani), mas voltou a ser derrotado nesta terça-feira.

O curioso é que o goleiro Gléguer, que completou 90 partidas com a camisa da Portuguesa nesta terça-feira, conseguiu quebrar uma série negativa. O camisa 1 deixou o gramado do Canindé sem ter sofrido gols, fato que não acontecia desde o dia 20 de maio, na vitória por 3 a 0 sobre o União Barbarense (há quatro rodadas).

Para completar, a Portuguesa ainda completou a sexta partida sem sofrer gols na temporada. Antes do confronto com o Criciúma e da vitória sobre o Barbarense, o time do Canindé só havia passado ileso no empate sem gols com o União São João (26/02), na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético Sorocaba (20/03), na vitória por 1 a 0 sobre o Mogi Mirim (03/04) e na vitória por 1 a 0 sobre o São Caetano (17/04).

Apesar do bom desempenho defensivo, porém, o grande destaque da Portuguesa nesta terça-feira foi o ataque. Oliveira e Fabrício, que cumpriram suspensão na rodada passada, voltaram e tiveram grande participação. Cléber, responsável pela armação, foi o grande nome do jogo.

Foi exatamente dos pés de Cléber que nasceu o primeiro gol da partida, aos 14min da etapa inicial. O camisa 10 lançou Oliveira na esquerda e o centroavante teve liberdade para invadir a área e tocar de pé direito. Roberto espalmou e Fabrício quase conseguiu completar de carrinho.

Depois da defesa do goleiro, o rebote ficou com o próprio Fabrício, que driblou Vânderson para a linha de fundo e foi derrubado. Na cobrança, Cléber colocou a bola no canto esquerdo do goleiro e inaugurou o placar.

E no segundo tempo, novamente dos pés de Cléber nasceu o gol da Portuguesa. Aos 32min, o camisa 10 acertou lindo passe rasteiro para Celsinho dentro da área e o meia teve tranqüilidade para driblar o goleiro e empurrar para as redes com o pé esquerdo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *