Maradona é homenageado por Senado na Argentina

Diego Maradona recebeu nesta terça-feira do Senado argentino um reconhecimento por sua carreira no futebol. O ex-jogador prometeu seguir trabalhando para "fechar seu capítulo de envolvimento com drogas".

"Agradeço a todos que fizeram o bastante para eu esteja assim hoje, sempre estarei com vocês e não vou faltar nunca", disse Maradona, emocionado, no congresso, diante de parlamentares e convidados e gritaram seu nome.

O ex-capitão da seleção argentina, de 44 anos de idade, mostrou-se totalmente recuperado desde que intensificou seu tratamento antidrogas e se submeteu a uma operação para redução de estômago que o ajudou a reduzir de peso.

O presidente do Senado, Daniel Scioli, destacou a nova imagem que Maradona está passando, mostrando grande esforço para recuperar sua saúde. "É muito bonito vê-lo assim, é uma lição de vida."

Há um ano, Maradona esteve internado em uma clínica de Buenos Aires por vários dias em estado de saúde grave e, depois da interveção da Justiça, retornou a Cuba para seguir seu tratamento contra a cocaína.

Por causa do excesso de peso, Maradona foi submetido, na Colômbia, a uma operação de redução do estômago, que o deixou em um aspecto bem mais magro.

Durante a cerimônia desta terça, foram projetados vídeos da vida do craque como jogador, inclusive os gols que marcou contra a Inglaterra, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo de 1986.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *