Crimes ambientais no Agreste preocupa Polícia Civil

Foi apreendido pela Polícia Civil, na sexta-feira, 25, três caminhões com aproximadamente 30 metros cúbicos de caatinga. A madeira foi retirada de forma ilegal de fazendas localizadas em Batalha e Belo Monte.

Na operação, os motoristas Henrique Ferreira dos Santos, José Francisco Ferreira dos Santos e Elmir Fiel da Silva foram multados por não possuírem autorização do Ibama para o transporte da madeira apreendida.

Por meio dos motoristas, a Polícia Civil conseguiu chegar ao fazendeiro José Antônio da Silva, proprietário de uma das terras devastadas. Ontem mesmo, os fiscais do Ibama já haviam lavrado o auto de infração contra os envolvidos. Um dos motoristas foi multado em R$ 2 mil.

Na madrugada de hoje, mais um caminhão foi preso. Este, em direção a São Miguel dos Campos. O combate ao crime ambiental na região foi intensificado pelo delegado Eulálio Rodrigues, após serem apreendidas 20 toneladas de madeira transportada sem autorização do Ibama.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *