Seis militares colombianos mortos em combates com as Farc

Seis militares colombianos morreram neste sábado em combates com rebeldes das Farc em uma estrada na região de fronteira entre Colômbia e Venezuela, informou o general Jorge Ceballos, comandante da V Brigada Militar.

Segundo o oficial, os confrontos ocorreram na estrada entre os municípios de Ocaña e Abrego, no departamento de Norte de Santander.

"Nos combates morreram dois cabos e quatro soldados do Grupo Mecanizado Clava do Exército", disse Ceballos.

O ataque foi atribuído ao grupo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que opera na região.

Em outro confronto entre o Exército e as Farc, vários combatentes ficaram feridos no departamento de Putumayo, na zona da fronteira com o Equador.

Os choques ocorreram em meio a uma ofensiva rebelde no departamento de Putumayo, na qual foi atacado o oleoduto Trasandino e destruída uma embarcação para transporte de veículos, destacaram os informes.

O comandante da Força Aérea Colombiana (FAC), general Jorge Lésmez, informou que os confrontos ocorreram em uma região próxima ao município de San Miguel.

"Temos a informação de que há alguns feridos, mas não dispomos de um balanço exato", acrescentou o oficial.

Segundo Lésmez, as tropas são apoiadas por uma esquadrilha de aviões e helicópteros enviados de várias bases do país.

"Há alguns combates intensos na fronteira com o Equador. Deslocamos aeronaves fantasmas e helicópteros, com o ânimo de reforçar as tropas que combatem com a frente 48 das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC, marxistas)", declarou o comandante da FAC.

Fonte: Uol

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *