Conquista garante vaga no Mundial de Clubes da Fifa

Com o título da Copa Libertadores da América, o São Paulo é o quarto time que garantiu vaga no Mundial de Clubes da Fifa, que acontece entre os dias 11 e 18 de dezembro, nas cidades japonesas de Tóquio e Yokohama.

O torneio de clubes, um projeto da Fifa que foi interrompido depois da primeira edição, em 2000, disputada no Brasil e conquistada pelo Corinthians, foi retomado pelo presidente da Joseph Blatter para substituir o Mundial Interclubes, que era disputada no Japão entre o campeão da Libertadores e da Liga dos Campeões da Europa.

Seu projeto, no entanto, foi contrário ao interesse dos principais clubes europeus, que consideram que não há datas no calendário para mais uma competição. Com ajuda da Toyota, que patrocinava o duelo único no Japão, o dirigente conseguiu dobrar os opositores e anunciou o torneio em março deste ano.

Além do Tricolor, que se classificou após derrotar o Atlético-PR na primeira final entre brasileiros na história da Libertadores, outras três equipes já estão garantidas no Mundial: Deportivo Saprissa (Costa Rica), Sydney United (Austrália) e Liverpool (Inglaterra).

Ainda faltam ser definidos os campeões da África e da Ásia, que só devem sair no final de novembro, já próximo ao início do torneio.

O São Paulo e Liverpool só entram na disputa na semifinal, que acontece nos dias 14 e 15. Antes disso, os outros quatro clubes que representam América do Norte, Ásia, África e Oceania disputam um lugar na próxima fase em um confronto único, nos dias 11 e 12. A final está marcada para o dia 18, em Yokohama.

Após conquistar o tri inédito entre os clubes brasileiros na Libertadores, o São Paulo pode também repetir o feito no mundial, já que foi campeão em 1992 e 1993, ao derrotar Barcelona e Milan, respectivamente.

Antes da fusão para determinar o novo Mundial de Clubes, Santos (1962 e 1963), Flamengo (1981) e Grêmio (1983), além do Tricolor haviam sido campeões mundiais. Cruzeiro (1976 e 1997), Vasco (1998) e Palmeiras (1999), após serem campeões continentais, sucumbiram na decisão contra os europeus.

Fonte: Uol

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *