Polícia procura assassinos de funcionário da Trikem

Os três rapazes acusados de assassinarem o funcionário da Trikem, Gerônimo Albuquerque, 48 anos e, de roubarem o Fiat Uno de cor prata conduzida por ele, ainda não foram capturados.

O crime, que aconteceu por volta das 21h de ontem, na rua Sargento Jaime, no Prado – conforme noticiou o Alagoas 24 Horas – é mais um registro de latrocínio, roubo seguido de morte. Outro exemplo deste crime aconteceu na noite do último domingo, com o arquiteto Paulo Góes, que após reagir a um assalto foi atingido por dois disparos.

Ainda segundo informações do Comando de Policiamento da Capital, policiais da Operação Litorânea (Oplit), realizaram buscas pela orla marítima durante toda à noite. Há informações, no entanto, que os três acusados são menores e, um dos deles, tenha sido atingido por um disparo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *