Mil trabalhadores rurais do MLST fazem manifestações em Maceió

Luis VilarSede do Incra ocupada por trabalhadores rurais do MLST

Sede do Incra ocupada por trabalhadores rurais do MLST

Cerca de mil trabalhadores rurais do Movimento de Libertação dos Sem Terra, MLST, vindos de todas as regiões de Alagoas, estão em Maceió para reivindicar reforma agrária, desapropriação de terras e construção de açudes nos assentamentos. Daqui a pouco, representantes do Incra, INSS e Ministério do Desenvolvimento participam de uma reunião com os agricultores rurais.

Segundo o coordenador do MLST, Marcos Antônio da Silva, conhecido por Marrom, a reunião ocorrerá no 11º andar do edifício Walmape, no Centro de Maceió.

Alguns integrantes do movimento continuam na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, no Centro, reivindicando a liberação da primeira parcela dos 18 mil reais concedidos pelo Governo Federal para o assentamento Serrana, que fica em Joaquim Gomes. Segundo os trabalhadores, a parcela está três meses atrasada e serviria para subsidiar os custos das 140 famílias de agricultores rurais que moram no local.

Veja Mais

Deixe um comentário