Principal suspeito por desvio de recursos na Sesau depõe na PF

O ex-chefe de contabilidade da Secretaria Executiva de Saúde (Sesau), Eduardo Menezes, principal suspeito pelo desvio de 3,6 milhões na Sesau, durante a gestão do secretário Álvaro Machado, está sendo interrogado neste momento, pelo delegado André Santos Costa, na sede da Polícia Federal, em Jaraguá.

O filho de Eduardo Menezes, João Menezes, e uma nora do ex-chefe de contabilidade, conhecida apenas como Kimberly, também foram ouvidos durante o horário da manhã, no inquérito que investiga o esquema de fraudes em licitações e desvios de recursos da Saúde em Alagoas.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *