Barraca com agrotóxicos fracionados é interditada em Arapiraca

Uma equipe da Comissão Estadual de Agrotóxico apreendeu ontem, agrotóxicos fracionados comercializados ilegalmente na feira livre de Arapiraca. Segundo o presidente da Comissão, José Roberto Medeiros, os agrotóxicos estavam em recipientes usados, próprios para remédios. “Não havia nenhuma identificação nem rótulo para ilustrar o produto. Isso pode confundir o cliente ou alguém de sua residência e provocar uma tragédia”, disse José Roberto.

A dona da barraca, Maria de Lourdes Pimentel, foi notificada e proibida de comercializar os produtos sem a devida identificação e procedência. “Eu vendo isso há mais de 30 anos aqui e nunca tive problemas”, justificou a vendedora. Os agrotóxicos apreendidos foram: Stron (veneno para lagarta); Decis (inseticida) e Expurgan (veneno).

De acordo com a Lei Estadual de agrotóxico 5.852 de 10/10/92 e Lei Federal 7.802 de 11/07/89, são necessárias para a comercialização, além da fórmula, recipiente adequado para cada produto. “Caso ela volte a comercializar será multada e poderá até ser presa”, disse José Roberto.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *