Além de um sorriso bonito

Longe da estética, aparelhos proporcionam correta mastigação e, conseqüentemente, adequada nutrição e saúde bucal

O tratamento ortodôntico com aparelho fixo tem, na maioria dos casos, uma duração entre 24 a 30 meses. Os tratamentos preventivos podem levar um pouco mais de tempo, pois o ortodontista pode estar aguardando a troca de todos os dentes de leite.

A função principal do tratamento ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária (perfeito engrenamento dos dentes superiores e inferiores), que é fundamental para a correta mastigação e, conseqüentemente, adequada nutrição e saúde bucal. Com o restabelecimento da oclusão, evitam-se problemas de respiração, deglutição, fala e da articulação temporo-mandibular (ATM).

“Além do benefício estético e funcional, o tratamento ortodôntico minimiza a tendência a distúrbios de ATM, diminui e possibilidade de problemas periodontal e proporciona maior facilidade de higienização”, explica o especialista em ortodontia, José Carlos Castro.

Muitas vezes os sintomas de problemas ortodônticos se confundem com doenças corriqueiras como a enxaqueca e dor de ouvido, chegando algumas vezes a ser confundida com problemas neurológicos.

Não existe idade máxima para a realização de tratamento ortodôntico, embora nos pacientes adultos alguns cuidados especiais devam ser tomados, principalmente em relação aos tecidos de suporte dos dentes, que podem chegar a contra-indicar o tratamento. “Este pode ser mais lento e limitado, devido a falta de crescimento, problemas periodontais, perdas de elementos dentários e maior comprometimento das estruturas dentárias devido a próteses ou restaurações extensas”, alerta Castro.

O ortodontista afirma que não existe risco no tratamento ortodôntico, desde que o tratamento seja bem planejado e executado por profissional qualificado e que o paciente siga todas as instruções dadas, principalmente no aspecto de higiene bucal, pois os detritos podem causar problemas gengivais, periodontais, manchas brancas ou, mesmo, cáries dentárias.

Distúrbios de ATM

A articulação temporo-mandibular (ATM) está localizada em frente ao ouvido e é a articulação mais exigida pelo corpo humano. Ela trabalha durante a fala, a deglutição e a mastigação estando, portanto, ligada a diversos músculos responsáveis pelo desempenho destas funções.

Às vezes, esta articulação não funciona adequadamente por causas diversas como: apertar ou ranger os dentes de dia ou de noite; traumas; artrites reumatóides; anormalidades durante a formação da ATM e estresse.

É possível saber se você tem problemas através de sinais e sintomas como dor na ATM durante a movimentação mandibular; sensação de travamento da mandíbula; estalos durante a mastigação; limitação de abertura da boca; dor em certas regiões da face e/ou no ouvido; dificuldade no fechamento dos dentes ou sensação de fadiga mandibular.

Para esses problemas existem basicamente dois tipos de tratamento: o clínico e o cirúrgico. Por esse motivo, é importante a pessoa que possuir este tipo de sintomas procurar o especialista.

Veja Mais

Deixe um comentário