SAMU deve inaugurar base em Arapiraca até o final do ano

Serviço Móvel de Atendimento começa a interiorizar unidades

Cumprindo as metas do Governo do Estado em ampliar o atendimento de urgência e emergência realizado por equipes do SAMU, o município de Arapiraca deverá ser contemplado com uma base até o final do ano. De acordo com a coordenadora de Gestão de Políticas de Saúde, Jacy Quintella, a previsão da Sesau é de que a unidade esteja pronta para operar a partir do início de 2006.

A base SAMU de Arapiraca será construída no terreno onde funcionava a Governadoria. Até o final do próximo ano, o Governo espera inaugurar uma nova base no município de Penedo.

Unidades fixas de suporte ao atendimento médico de urgência e emergência, que é prestado pelas ambulâncias SAMU em todo Estado de Alagoas, as bases são postos que funcionam com médicos plantonistas e um profissional regulador, em regime de plantão 24 horas.

“O profissional médico regular atende a todos os chamados e é responsável por determinar o tipo de atendimento a ser prestado e a unidade móvel que será deslocada para efetuar o socorro”, explica João Medeiros, coordenador Médico do SAMU.

Hospital móvel

Funcionando há quatro anos, o SAMU de Alagoas é credenciado pela Coordenação Nacional de Serviços de Atendimento Móvel de Urgência do Ministério da Saúde e opera em parceria com equipes do Corpo de Bombeiros do Estado. O sistema atua como uma espécie de hospital móvel e também dispõe de um serviço de telemedicina, que orienta as vítimas na adoção de primeiros socorros, antes mesmo da chegada das equipes ao local.

Historicamente, o nível de resposta à urgência e emergência tem sido insuficiente, provocando a superlotação das portas dos hospitais e pronto-socorros, mesmo quando a doença ou quadro clínico não é característica de um atendimento de emergência.

Essa realidade contribui para que hospitais e pronto-socorros não consigam oferecer um atendimento de qualidade e mais humanizado. O desafio das equipes do SAMU está em prestar o socorro de emergência, encaminhando o paciente em tempo hábil para o local adequado.

Em todo Estado são 19 unidades móveis, que realizam a cobertura de Maceió, atendendo aos bairros e municípios da região metropolitana, indo do Litoral Sul, em Barra de São Miguel, ao Litoral Norte, nas imediações do município de Barra de Santo Antônio.

Como opera o SAMU

O Serviço dispõe de 10 Unidades Básicas (UB), ambulâncias que partem com dois profissionais técnicos em enfermagem e um condutor socorrista. As Unidades de Suporte Avançado (USA), possuem UTI móvel e são deslocadas para atendimentos de traumas e extrema urgência.

O município de Maceió opera com três USAs, ambulâncias que contam com um médico e duas enfermeiras, além do condutor socorrista. Além do profissional médico regulador equipes de médicos intervencionistas se revezam na assistência aos chamados.

As equipes do SAMU contam com um efetivo de 26 médicos, 12 profissionais administrativos, 31 enfermeiros, 21 auxiliares de enfermagem, 121 condutores socorristas, 125 técnicos em enfermagem e 32 Tarms – Técnicos auxiliares de regulação médica – que são os profissionais responsáveis pelo atendimentos na Central de Chamadas SAMU.

O transporte e atendimento também conta com o apoio de unidades do Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal. Os recursos para administração do SAMU são repassados pelo Ministério da Saúde, órgão que edita portarias para regulamentar o atendimento.

Veja Mais

Deixe um comentário