Comando da PM não quer "excessos" no protesto de militares

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Edmilson Cavalcante, disse que vai estar atento aos excessos que podem vir ocorrer na manifestação dos militares marcada para esta quinta-feira. Convocados pela associação da categoria, cabos e soldados vão fazer um protesto contra o governo por causa dos baixos soldos.

“Acho sagrado o direito de se pronunciar, mas peço aos soldados que o protesto seja feito com equilíbrio”, afirmou o comandante, após participar hoje pela manhã da inauguração de uma companhia do 4º Batalhão da PM no bairro de Santo Amaro.

Edmilson Cavalcante reconhece que “não pega bem para uma instituição militar” ver os seus integrantes promoverem um protesto público. “Essa manifestação pode trazer prejuízos para a imagem da corporação, que precisa ter crédito e respeitabilidade perante à população”, frisou.

Ao enfatizar que não foi informado da manifestação dos policiais, que poderá contar também com a participação de Oficiais, o comandante da PM disse que o Estado vem realizando estudos para conceder aumento salarial para a categoria. “No momento oportuno, o governo vai se pronunciar”, afirmou.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações