Governo de Alagoas inicia este mês reforma, ampliação e adequação de escolas

O governo de Alagoas, por meio da Secretaria Executiva de Educação, realiza este mês, uma série de reformas, adequações e ampliações em escolas da rede estadual. Serão 26 obras em 12 municípios. Quatro delas aguardam apenas a assinatura de contrato entre o governo do Estado e as construtoras. Nas 22 restantes, serão investidos quase R$ 9 milhões, oriundos do governo federal e do Tesouro Estadual.

Entre as obras a serem iniciadas nas próximas três semanas, algumas fazem parte da ampla reforma do Cepa: a segurança integrada, no valor de R$ 205.473,25, e o calçamento e a drenagem do complexo educacional, com investimentos na ordem de R$ 902.480,45 e R$ 826.606,96, respectivamente.

Além das obras do Cepa, duas escolas serão reformas neste período: a Moreira e Silva, que custará R$ 248.916,69, e a Laura Dantas, no valor de R$ 191.062,02. Esta última com recursos exclusivos do governo do Estado. “Vamos viabilizar uma mudança total no complexo, para que ele se torne uma área de multifuncional para toda a comunidade”, ressalta o secretário Maurício Quintella.

Segundo o gerente do programa de Infra-Estrutura da secretaria, Raul Cleto, as quatro obras que aguardam apenas a assinatura de contrato são as das escolas Graciliano Ramos, em Palmeira dos Índios, e Manoel Ferreira, na Barra de São Miguel; além da coberta da sede da secretaria e a iluminação do Cepa. As duas primeiras devem fechar contrato esta semana.

As obras irão contemplar os municípios de Atalaia, Maceió, Penedo, Arapiraca, São Miguel dos Campos, Novo Lino, Jundiá, Capela, Major Izidoro, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios e Barra de São Miguel.

Delmiro – Além da relação que conta com mais de 90 obras, o governo estadual deu início ontem na última segunda-feira, à reforma e ampliação de duas escolas localizadas no município de Delmiro Gouveia. No total, serão investidos cerca de R$ 1.034.000,00, recursos oriundos do Tesouro Estadual.

Para o secretário Maurício Quintella, a melhoria das instalações físicas refletem a preocupação do Estado com as condições estruturais para o oferecimento de educação de qualidade.

Veja Mais

Deixe um comentário