Guarda Comunitária é lançada em Maceió

Elaine RodriguesJoão Mendes diz que prefeito já recebeu ofício

João Mendes diz que prefeito já recebeu ofício

No I Workshop sobre Segurança Pública e Defesa Social em Maceió foi lançado o conceito de Guarda Comunitária, para atender a população da capital.

Segundo o diretor-geral da Guarda Municipal, João Mendes da Silva, este é um passo importante para a transformação da sociedade e a inibição da violência na cidade.

Prestigiaram o encontro o prefeito Cícero Almeida, o diretor-geral de Polícia Civil, Roberto Lisboa, a coordenadora-geral de Prevenção em Segurança Pública do Ministério da Justiça, Cristina Gross, e representantes do Corpo de Bombeiros, Capitania dos Portos, Secretaria Municipal de Controle e Convívio Urbano, de Turismo, de Ressocialização e da Saúde.

No início do Workshop, o prefeito lembrou que, as obras de cinco Núcleos de Policiamento Comunitário já começaram. Os núcleos da Guarda Municipal serão instalados estrategicamente em bairros considerados mais críticos, que são Jacintinho, Clima Bom, Dique Estrada, Santa Lúcia e Tabuleiro do Martins, no conjunto Carminha.

Para o diretor-geral da Guarda, a função do órgão é cuidar do patrimônio, logradouros e praças públicas e a maior dificuldade é trabalhar com a falta de efetivo. “Somente a Secretaria Municipal de Educação nos pede dois guardas, para trabalhar em três turnos em 100 postos”, revela João Mendes.

Atualmente, o efetivo é de 892 policiais na Guarda Municipal, mas o necessário seria bem maior, de pelo menos dois mil homens. De acordo com Mendes, uma saída é a abertura de vagas em concursos públicos, o que ele já solicitou ao prefeito Cícero Almeida.

Veja Mais

Deixe um comentário