Julgamento da apelação de Cavalcante é adiado novamente

A ausência do desembargador Orlando Manso à sessão da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas, marcada para esta tarde, ocasionou o adiamento para a próxima quinta-feira do julgamento da apelação do ex-tenente coronel Manoel Francisco Cavalcante, e do ex-PM Garibalde Santos Amori.
Os dois foram condenados a 19 anos e 10 meses e a 17 anos e 10 meses pelo assassinato do tributarista Sílvio Viana, crime ocorrido há mais de oito anos. A defesa de Cavalcante e Garibalde recorreram da sentença por meio de apelação.

O julgamento que deveria ter ocorrido na semana passada, foi adiado hoje pelo mesmo motivo: o desembargador Orlando Manso, que na última sessão da Câmara Criminal averbou suspeição para participar do julgamento dessa ação, não compareceu hoje . Seu substituto já foi escolhido: vai ser o desembargador Mario Casado Ramalho, que participará da próxima sessão atuando apenas nesse processo.

Veja Mais

Deixe um comentário