Mulher grávida é assassinada no lugar do marido

Alagoas 24 HorasLuíza morreu com um tiro na cabeça

Luíza morreu com um tiro na cabeça

Luiza Lopes da Silva, 25, grávida de cinco meses, foi assassinada – agora há pouco – com um tiro de revólver na cabeça e seu marido, José Macena da Silva, 25, recebeu três tiros e está internado em estado grave na Unidade de Emergência. Há dois meses Macena escapou de atentado, mas seu irmão morreu no seu lugar – o pistoleiro queria matá-lo, mas errou o tiro.

Hoje provavelmente o mesmo pistoleiro tentou matá-lo. Ele se aproximou de Macena que, ao pressentir o perigo, correu para dentro de casa, na Vila do Amor, no Sanatório. O pistoleiro foi em sua perseguição; Macena conseguiu atirar no seu rosto uma xícara de café quente; atordoado, o pistoleiro fez vários disparos – três deles acertou Macena, mas sem atingi-lo mortalmente; o outro tiro acertou Luiza na cabeça e ela teve morte instantânea.

A polícia não tem pista do criminoso, que conseguiu fugir pela grota paralela à Ladeira do Calmon.

Leia também

Veja Mais

Deixe um comentário