Bancários analisam nova proposta da Fenaban

O comando nacional de greve da Confederação Nacional dos Bancários analisa nesta noite a nova proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para a categoria, em greve desde quinta-feira (6).

A proposta é de reajuste dos salários e demais benefícios em 6%, com o pagamento de um abono único de R$ 1.700 para todos os bancos. No caso da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), conforme divulgado no site da Confederação, a regra seria de 80% do salário mais uma parte fixa de R$ 800, paga em duas vezes, como nos anos anteriores. A diferença em relação à proposta anterior é o reajuste maior na parte fixa, antes prevista em R$ 705.

Os bancários querem reajuste de 11,77%, maior participação nos lucros – o que representa salário acrescido de valor fixo de R$ 788, além de 5% do lucro líquido distribuídos entre os funcionários –, garantia de emprego e 14º salário.

A Fenaban havia proposto reajuste salarial de 4%, abono de R$ 1.000 e participação nos lucros com valor equivalente a 80% do salário de cada trabalhador.

Fonte: Agência Brasil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *