Aldalberon de Moraes sai do presídio

O ex-prefeito de Satuba, Aldaberon de Moraes, saiu ontem do presídio Cyridião Durval. Ele foi liberado por volta das 8 horas da noite, após um mandato de hábeas corpus da Justiça de Alagoas. Adalberon de Moraes estava no presídio na condição de sub judice, acusado de homicídio.

O ex-prefeito responde inquérito por três homicídios. O primeiro deles, a morte do motorista Carlos André Fernandes, suposto amante da esposa de Adalberon. Adalberon de Moraes é também acusado de matar o assessor parlamentar Jeams Alves, em 2002, por conta de desavenças políticas.

O terceiro inquérito é pela a morte do professor de Educação Artística, Paulo Bandeira, que foi queimado vivo dentro de seu veículo, após escrever uma carta denúncia sobre as irregularidades na rede municipal de ensino de Satuba. O crime ocorreu em junho de 2003.

Aldalberon de Maores teve sua prisão decretada em 2003, quando a Polícia Civil investigava a participação dele na morte do professor Paulo Bandeira. Na época, o ex-prefeito respondia 11 processos na Justiça Criminal. Em um deles, era acusado de espancar prostitutas em Brasília (DF).

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *