Lessa se reúne com representantes dos pescadores

O governador Ronaldo Lessa se reuniu nesta segunda-feira, no Palácio República dos Palmares, com os representantes da Federação dos Pescadores de Alagoas (Fepeal) e da Colônia de Pesca Z-1 de Maceió. Durante a audiência, Lessa relatou a importância dos conselhos estaduais para o desenvolvimento social do Estado e da criação de alguns mecanismos com o objetivo de aproximar as ações do governo junto à população.

O presidente da Fepeal, Benedito Roque, apresentou o relatório das ações da associação e legislação para criação do Conselho de Pesca no Estado. Ainda durante a reunião, os representantes dos pescadores solicitaram ao governador a reativação dos postos de fiscalização localizados nos municípios de Coruripe, Penedo, Palmeira dos índios, Barra de Santo Antônio, Traipu, Massagueira e Maragogi.

“Durante a Confederação Nacional de Pesca foi votada uma proposta que tira as ações do Ibama, por isso, a importância do trabalho de desenvolvido pelo Batalhão Ambiental, principalmente, no que diz respeito à fiscalização. Porque daqui que seja criada uma Secretaria Nacional de Pesca vai demorar muito”, informou Benedito Roque.

Lessa garantiu que o comando da Polícia Militar irá providenciar a reativação dos postos, e que será realizado o concurso público para aumentar o efetivo da Polícia Militar de Alagoas e melhorar o trabalho de fiscalização e de proteção ao meio ambiente.

“Durante o meu governo foram desenvolvidas várias ações de políticas públicas em relação à proteção do meio ambiente”, disse Lessa, elogiando o trabalho da Secretária Executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e a criação de vários comitês, a exemplo do Comitê da Bacia Hidrográfica Mundaú- Manguaba.

A presidente da Colônia de Pescadores Z-1, Maria Aparecida da Silva, também solicitou uma efetiva fiscalização durante o período defeso do camarão, que vai de 1º de maio a 15 junho. Outro ponto discutido entre o governador e os representantes da categoria foi sobre a importância do projeto de urbanização da orla lagunar.

Ficou agendada para próxima segunda-feira uma reunião dos representantes com o diretor-presidente do Serveal, Alberto Freitas, para tratar o assunto.

Fonte: Agência Alagoas

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *