VI Flimar já conta com primeiras atrações para 2015

Festa Literária visa consolidar turismo cultural em Marechal Deodoro

GoogleMarechal Deodro será palco da II Flimar

Marechal Deodro será palco de mais uma Flimar

Fãs de literatura em Alagoas já podem começar a se familiarizar com as primeiras atrações da VI Festa Literária de Marechal Deodoro (Flimar). Apesar de ainda fazer suspense sobre o homenageado desta edição, que será realizada entre 11 e 15 de novembro, a comissão organizadora já divulgou uma programação provisória de Arte e Cultura no blog oficial do evento (www.6flimar.blogspot.com.br) e confirmou o nome de alguns convidados nacionais.

Andréa Maciel Pachá, Ignácio de Loyola Lopes Brandão, Claufe Rodrigues, Mônica Montone, o poeta Chico de Assis e as cinco bandas filarmônicas de Marechal Deodoro são algumas das atrações já confirmadas pelo curador da Flimar, Carlito Lima. Também a Flimarzinha, uma ação paralela voltada especialmente para as crianças, teve sua programação prévia já divulgada.

“A Flimarzinha é o nosso encanto, a coroação do nosso evento. É o grande incentivo para que a garotada descubra e se interesse pela leitura, que é o grande objetivo da Flimar, formar uma nova geração de leitores e iniciar uma revolução de cidadania na comunidade por intermédio da cultura, principalmente a leitura”, disse Carlito Lima.

Tomando conta das ruas do Centro histórico da cidade, orla lagunar, conventos, escolas e do Espaço Cultural Santa Maria Magdalena da Alagoa do Sul – antigo nome da cidade, quando foi a primeira capital do estado –, a Flimar vai contar, assim como nos anos anteriores, com palestras, workshops, mesas redondas, debates, exposições, música, teatro, dança, além de saraus de poesia na Casa-Museu de Marechal Deodoro e concertos de música clássica nas igrejas consideradas patrimônio de Alagoas.

Essa vasta programação ajuda a Flimar a avançar na divulgação do turismo cultural no município de Marechal Deodoro, potencializando também as belezas naturais da região. E, segundo Carlito Lima, a festa começa a colher seus frutos.

“Na Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip, onde fui palestrar justamente sobre a Flimar e a nossa iniciativa em fazer um evento literário em Alagoas. Distribuí mil panfletos por lá, para fazer divulgação, mas me impressionei ao encontrar diversas pessoas que já conheciam ou tinham ouvido sobre a Flimar”, conta o curador.

Provas da consolidação da Festa Literária em Marechal, como aponta Milton Pradines, Gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem, empresa que apoia a Flimar desde sua primeira edição.” A feira é um evento cultural extremamente importante para cidade de Marechal Deodoro e para Alagoas”.

Doação de livros

Uma das novidades programadas para esta edição da Festa Literária de Marechal Deodoro é a campanha para doação de livros para crianças carentes da cidade. Os livros serão entregues em pontos estratégicos da Flimar, para potencializar bibliotecas comunitárias com contos, poesias, romances e livros de ficção.

Sobre a Braskem

Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Com 36 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. Maior produtora de biopolímeros do mundo, a Braskem tem capacidade para fabricar anualmente 200 mil toneladas de polietileno derivado de etanol de cana-de-açúcar.

Fonte: Assessoria

Veja Mais

1 comentário

  • fernando says:

    Quero, mais uma vez, parabenizar o Carlito por manter-se firme na manutenção da FLIMAR, que inicialmente começou tímida, mas a cada ano vem ganhando robustez em relação a presença de interessados pelo movimento. Entretanto, quero registrar um lamento que é o fato dela acontecer concomitantemente com a FLIPORTO, que é realizada em Olinda-PE, que também conheço, e tem grande importância. Lamentavelmente não podemos estar presente nesses dois eventos tão próximos. Coincidentemente, em 15.112013 estive na FLIPORTO e assisti a palestra de Laurentino Gomes, que autografou-me uma de suas obras; um ano depois, no dia 15.11.2014, assisti a palestra de Laurentino na FLIMAR, onde ele autografou-me mais outras obras.
    Sei que é difícil alterar a data, afinal 15 de novembro é data emblemática para Marechal, mas gostaria de deixar registrado o fato.

    Fernando Chagas (Maceió-AL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *