Motorista de Cristiano Araújo desabafa: “perdi um irmão, o mundo está sem cor”

Reprodução1

O motorista que dirigia o veículo no dia do acidente que vitimou o cantor Cristiano Araújo e sua namorada, a estudante Allana Moraes, Ronaldo Miranda usou o perfil no Instagram para fazer um desabafo. O rapaz publicou um texto emocionado na noite de terça-feira (18), e falou sobre a saudades que sente do sertanejo e da jovem.

“Há mais de 50 dias, perdi esse casal. Não só um patrão ou um colega de trabalho, perdi um amigo, um irmão. Ela, um amor de pessoa que aprendi a amar fácil. Nesse tempo todo, me calei e guardei meu luto no fundo da minha alma. Nesse período, o mundo parece estar sem cor, tudo perdeu a graça”, escreveu Ronaldo.

“Mas Deus, com a sua infinita bondade, tem me dado força para seguir em frente e, aconselhado por amigos, resolvi aparecer, até mesmo em respeito a você que me seguem aqui, e gostam de mim e eternizarão o nossos irmãos Cris e Allana. Obrigado a todos pela a força e compreensão! Deus no comando”, continua o texto.

No domingo (16), o motorista quebrou o silêncio contou em entrevista ao apresentador Geraldo Luis, no programa ‘Domingo Show’, como foram os últimos minutos antes do capotamento do carro na madrugada do dia 24 de junho.

“Eu estava calmo e na hora pensei: ‘vou ter que sair pra trocar o pneu’. Mas logo em seguida perdi o controle do carro”, revelou. O motorista garantiu que só estava consciente na primeira capotada e que só voltou a si quando estava sendo tirado das ferragens: “não vi mais nada”.

Acidente e morte

Cristiano e Allana faleceram na manhã do dia 24 de junho em um acidente de carro na BR-153. O fato aconteceu por volta das 3h30, no KM 614 da BR-153. O cantor estava voltando de um show na cidade de Itumbiara no momento. Além eles, o motorista Ronaldo Miranda e o assessor Vitor Leonardo também estavam no veículo, mas sobreviveram.

O cantor chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos. A namorada morreu no local. O motorista que conduzia o carro, Ronaldo Miranda, 40, passou por teste do bafômetro que indicou que ele não consumiu bebidas alcoólicas, segundo o delegado Fabiano Jacomelis, responsável pelo caso.

Fonte: Correio24horas

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *