Blog

Bispo Filho

Bispo Filho é Administrador de Empresas e Estudante de Jornalismo.

Todas as postagens são de inteira responsabilidade do blogueiro.

Ajude a Arquidiocese de Maceió e o Movimento da População de Rua doando ALIMENTOS

A Arquidiocese de Maceió, em parceria com a Prefeitura e o Movimento População de Rua está acolhendo diversos moradores em situação de rua e dando a eles abrigo, kits de higiene e alimentação.

A ação, coordenada pela Arquidiocese, foi um pedido do Arcebispo, Dom Antônio Muniz, levando em conta o atual cenário de pandemia que vivemos e o lema da campanha da fraternidade: “Viu, sentiu compaixão e cuidou deles”.

Os moradores estão sendo acolhidos em dois espaços:
•Uma escola pública localizada no Centro da Cidade, com capacidade para 200 pessoas.
•Uma casa localizada no Centro da Cidade, com capacidade para 50 pessoas, que irá acolher os mais idosos e aqueles que, por alguma razão, precisem de um espaço mais reservado.

Nos abrigos, além do atendimento humano, feito pela Arquidiocese através da Casa de Ranquines, do Setor Juventude e do Movimento População de Rua, existe um acompanhamento técnico das secretarias municipais de assistência social e saúde.

Cauê Castro, um dos coordenadores do projeto disse que: “os acolhidos recebem kits de higiene e alimentação, além de possuírem um espaço digno para dormir.

Fora disso, está sendo montado diariamente um calendário de atividades como jogos, atividades físicas e até cinema a noite, tudo para que eles sejam acolhidos da melhor forma”.

A população pode ajudar essa causa doando alimentos, material de limpeza e de higiene diretamente na Casa de Ranquines, que fica na ladeira da Catedral; no Santuário Virgem dos Pobres, que fica na Mangabeiras ou na Casa Dom Bosco, que fica na Santa Amélia.

Como a ação não tem prazo determinado, os coordenadores da ação pedem que as doações sejam mantidas enquanto durar o período de quarentena.

Caso necessário, uma equipe poderá recolher as doações nos locais.

Mais informações com:
Cauê Castro – 99927-8388
Marina Toledo – 99820-1113

Veja Mais

1 comentário

  • Rosely maria says:

    Meu sobrinho não respeita ninguém, se meu irmão ou minhas irmã tenta explicar ele como fazer ele fala coisas horríveis chama de fia da peste e etc…. ele Não respeita a vó dele ninguém aqui de casa Qualquer coisa ele puxa faca diz que não tem medo de ser preso, maltrata um nenê de 1 ano como se fosse objeto jogando ele como se fosse uma coisa qualquer,.. já tentamos de tudo, mas ele não respeita, não sabemos mas o que fazer , vocês têm como ajudar a gente pq aqui tá difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *