Blog

Usuário Legado

Todas as postagens são de inteira responsabilidade do blogueiro.

Em 15% das apreensões, armas estão com crianças

Armas de fogo de verdade circulam, sem controle, nas mãos de crianças e jovens nas ruas de Alagoas. Pelos dados do Comando do Policiamento da Capital- que abrange 13 cidades, incluindo a capital- 15% das apreensões foram feitas com meninos entre 11 e 15 anos, em 2010. Foram 148 armas.
– Chamou a atenção um menino que estudava em uma escola pública, tinha 11 anos e disse que tinha uma arma de fogo para se proteger. Agora, de quê? Não sabemos, disse o comandante do CPC, coronel Gilmar Batinga.

Os números assustam porque Alagoas lidera, nacionalmente, os números de assassinatos de jovens. A cada dez mortos, sete foram por armas de fogo, segundo o Ministério da Justiça.

Apesar da liderança nacional em assassinatos, Alagoas é o nono estado brasileiro que menos apreendeu armas, segundo levantamento do Sistema Nacional de Estatística de Segurança Pública e Justiça Criminal.
Em 2009, foram 655 armas. O Acre apreendeu menos, 62. Sergipe- vizinho de Alagoas- apreendeu três vezes mais: 2.209.

E a PM não se sabe como estas armas vão parar nas mãos de crianças. No mercado sujo, elas custam, segundo o comandante, entre R$ 300 e R$ 400. Mas, segundo um policial militar, ouvido pela reportagem, elas podem ser compradas por R$ 30,00 na Feira do Rato, no Centro de Maceió, conhecida por vender produtos roubados.

– Para a vagabundagem, é fácil se adquirir uma arma. Agora, não sabemos como. Eles dizem que é na Feira do Rato, mas isso é conversa fiada. Estas armas são roubadas de residências. Fazemos apreensões constantemente. Nestes dois dias, pegamos quatro armas. Ano passado, foram mil apreensões. Todos os dias, pegamos uma ou duas armas, em média, disse o comandante.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *