Política

Renan Calheiros nega declaração de Kátia Born

O Presidente do Senado Federal, o Senador Renan Calheiros (PMDB), em entrevista ao Programa Ministério do Povo da Rádio Gazeta AM negou as declarações da Secretária Estadual de Saúde Kátia Born(PSB), que segundo ela, Calheiros não iria concorrer as eleições para o cargo de governador de Alagoas, nas eleições em outubro próximo.

Álvaro Machado discute Lei do Gás em Brasília

O diretor geral da ARSAL e presidente da ABAR, Álvaro Machado, participa hoje, em Brasília, de reunião no Congresso Nacional com os senadores Rodolpho Tourinho Neto (PFL), Delcídio Amaral (PT), José Jorge Lima (PFL), Teotônio Vilela Fi-lho(PSDB), e Aloízio Mercadante (PT), com o objetivo de discutir questões relativas a Lei do Gás, oferecendo subsídios a implantação desse Projeto de Lei.

Vereador Júnior Pagão é suspenso do Partido Verde

O vereador de Rio Largo, Alexandro Cardoso da Silva, o Júnior Pagão (PV), foi suspenso do partido pela Executiva Estadual até que se esclareçam as acusações nas quais ele está envolvido. De acordo a presidente estadual do PV, Sandra Menezes, Pagão ainda não foi expulso.

“Aliança entre Lyra e Celso Luiz é normal”, avalia Abílio

Para o governador em exercício de Alagoas, Luis Abílio (PDT), a união entre o deputado estadual Celso Luiz (PMN) e o deputado federal João Lyra (PTB) é “algo normal e dentro das possibilidades e probabilidades apontadas pelo quadro político para as eleições deste ano”. Abílio afirma que o governo não foi pego de surpresa e confia na chapa oposta a que esta sendo arquitetada por João Lyra.

TC multa ex-prefeito de Girau do Ponciano

O Tribunal de Contas de Alagoas (TC-AL) continua aplicando multas a ex-prefeitos que deixam de enviar documentações solicitadas pelo órgão dentro do prazo legal. Dessa vez a multa foi aplicada ao ex-prefeito de Girau do Ponciano, José Aurélio.

Celso anuncia união com João Lyra mas mantém base de apoio ao governo Lessa

Reunião confirma João Lyra e Celso Luiz na majoritária

Agora é “oficial”. Pelo menos de “boca”, como se diz na gíria. PTB e PMN estão juntos para disputar a eleição majoritária ao governo do Estado nas eleições de outubro. Mas Celso Luiz disse que o PMN continua na base de sustentação do governador Ronaldo Lessa.