Futebol


Palmeiras derrota Vitória por 4 a 2 e volta a triunfar pelo Campeonato Brasileiro

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/DivulgaçãoO jogador Róger Guedes, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do EC Vitória, durante partida válida pela décima quarta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque.

O jogador Róger Guedes, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do EC Vitória, durante partida válida pela décima quarta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque.

O Palmeiras, após levar susto no início, virou o placar e superou o Vitória por 4 a 2 na manhã deste domingo (16), no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os tentos palestrinos foram marcados por Róger Guedes, Mayke e Dudu (2), artilheiro isolado da arena palmeirense com 19 gols.

A vitória palmeirense foi a quinta consecutiva sobre a equipe baiana como mandante. Além disso, este foi também o triunfo de número cinco do Verdão em partidas disputadas às 11h da manhã desde 2015, ano de implantação do novo horário. Os outros triunfos foram diante de XV de Piracicaba (1×0, no Paulistão 2015), Botafogo-SP (1×0, no Paulistão 2015), Flamengo (4×2, no Brasileiro 2015) e São Paulo (2×0, no Paulistão 2016).

A equipe alviverde volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira (19), às 21h45, contra o Flamengo, na Arena do Urubu, na Ilha do Governador (RJ), pela 15ª rodada.

O jogo

Logo com 15 segundos de partida, o Verdão mostrou o cartão de visitas: em ótimo passe pela direita, Dudu deixou Guerra em condições de finalizar, mas o venezuelano mandou para fora. A equipe alviverde permaneceu com maior posse de bola nos instantes iniciais, mas o primeiro gol do duelo foi do time baiano, aos nove, em chute de fora da área de Uillian Correia. (Palmeiras 0×1 Vitória)

Em busca da igualdade no marcador, o Palmeiras insistiu nas jogadas de linha de fundo seguidas de cruzamento para a área. Em uma destas bolas alçadas após cobrança de falta de Dudu, aos 34 minutos, Wallace derrubou Mina na área, e o árbitro Bruno Araújo assinalou pênalti. Róger Guedes foi para a marca da cal e deixou tudo igual. (Palmeiras 1×1 Vitória)

Com o tento de empate, a torcida empurrou a equipe para frente. O Vitória apostava nos contra-ataques, mas esbarrava na forte marcação palestrina. Quando o Verdão tentou chegar ao gol pelo chão, foi fatal: quase nos acréscimos, Guerra tentou tabelar com Dudu e foi interceptado parcialmente por Patric. O camisa 18 acreditou na jogada, tomou à frente de Wallace e deixou o capitão alviverde livre para estufar as redes do goleiro Fernando Miguel. Virada alviverde! (Palmeiras 2×1 Vitória)

Na segunda etapa, o Verdão voltou com maior ímpeto ofensivo. Aos sete, Willian recebeu na grande área e foi deslocado por Alan Costa, mas a arbitragem mandou seguir o jogo. Quatro minutos depois, o camisa 29 apostou corrida novamente com o defensor do Vitória e, após perder equilíbrio, ajeitou para Dudu chutar. O camisa 7 tentou devolver o passe, mas foi desarmado pela zaga na grande área.

A resposta dos visitantes assustou a torcida palmeirense: aos 15, após bobeada de Mina, André Lima roubou a bola pela esquerda e tocou para Neilton, sem marcação, finalizar para fora. O Vitória não parou por aí, e, com muitos cruzamentos na área do Verdão, levou perigo com bola cabeceada na trave por Wallace.

Aos 22 minutos, Cuca promoveu a primeira alteração no Verdão: Guerra deu lugar a Michel Bastos. Em seguida, em cobrança de falta, Egídio mandou no ângulo, mas Fernando Miguel foi buscar. Já aos 25, após pressão do time baiano, Dudu roubou a bola e puxou contra-ataque pela direita. O camisa 7, cruzou para Róger Guedes, que não conseguiu finalizar. Willian, na sobra, mandou na trave, e Mayke não desperdiçou a oportunidade de marcar o terceiro tento palestrino. (Palmeiras 3×1 Vitória)

E a locomotiva alviverde não parou por aí: aos 31, após a entrada de Zé Roberto no lugar de Felipe Melo, aplaudido na saída de campo, Michel Bastos apareceu pela direita e cruzou na área. Dudu, entre os zagueiros, fez o quarto gol do Verdão. Goleada no Allianz Parque! (Palmeiras 4×1 Vitória)

Após marcar, o camisa 7 deu lugar a Miguel Borja e foi aplaudidíssimo na saída do gramado. O colombiano, inclusive, quase marcou o quinto gol alviverde em jogada de velocidade, mas chutou pelo lado. A equipe baiana chegou a diminuir com David, mas não o suficiente para atrapalhar a vitória palmeirense. (Palmeiras 4×2 Vitória)

Escalação: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Felipe Melo (Zé Roberto), Tchê Tchê e Guerra (Michel Bastos); Róger Guedes, Dudu (Borja) e Willian

Gols

Palmeiras: Róger Guedes (36’ – 1ºT), Dudu (45’ – 1ºT), Mayke (25’ – 2ºT) e Dudu (31’ – 1ºT)

Vitória: Uillian Correia (09’ – 1ºT) e David (39’ – 2ºT)

Cartões amarelos: Edu Dracena e Gabriel Furtado

Fonte: Palmeiras

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>