Com tapete vermelho, seleção francesa desembarca em Paris

PASCAL ROSSIGNOL REUTERS

O goleiro e capitão da conquista, Hugo Lloris, saiu da aeronave carregando a taça da Copa do Mundo

Às 12h (de Brasília), a seleção francesa desembarcou em Paris e foi recebida com tapete vermelho no Aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, fora da cidade. A expectativa era tanta para saber quem seria o primeiro a sair do avião, que os funcionários do local brincaram por algum tempo fingindo abrir a porta. A primeira a sair, continuando a brincadeira, foi a tripulação. Logo depois, o goleiro e capitão da conquista, Hugo Lloris, saiu da aeronave carregando a taça da Copa do Mundo.

PASCAL ROSSIGNOL REUTERS

Com tapete vermelho, seleção francesa desembarca em Paris

Depois dele, o técnico Didier Deschamps apareceu, seguido do restante dos jogadores, que foram saindo aos poucos e comemorando, cada um à sua maneira. Griezmann abriu os braços e gritou, enquanto Pogba estava visivelmente feliz e animado.

A parada seguinte foi a Avenida Champs-Élysées, onde muitos torcedores comemoraram por toda a noite de domingo a conquista do bicampeonato. Desde o aeroporto, uma quantidade enorme de torcedores comemoravam vestindo a camisa da seleção e balançando bandeiras da França. Uma carreata foi preparada para o desfile com a taça conquistada.

Reprodução / Reuters

Franceses na Champs Elysees, em Paris

Dentro de campo, a França conquistou o bicampeonato mundial ao derrotar a Croácia por 4 a 2, em partida recheada de polêmicas, intervenção do VAR e pênalti. Os gols foram marcados por Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé, premiado como a revelação da competição.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações