Após rumores de intervenção, Álvaro Vasconcelos se afasta da presidência do Podemos em AL

Divulgação

Álvaro Vasconcelos

O candidato a Deputado Federal pelo Podemos, Álvaro Vasconcelos, pediu nesta quinta-feira, 09, afastamento temporário do cargo de presidente do diretório regional do partido em Alagoas. O pedido acontece dias após rumores de intervenção na Executiva Nacional sobre o Diretório Estadual.

No comunicado oficial, encaminhado à presidente nacional do partido, a deputada Renata Abreu (SP), Vasconcelos alega que o propósito da licença é dedicar-se exclusivamente à sua campanha e auxiliar na campanha de Álvaro Dias, candidato à Presidência da República pela legenda.

Em conversa com a reportagem do Alagoas24Horas o candidato voltou a negar qualquer intervenção do partido e afirmou que sua decisão se deve exclusivamente ao pleito eleitoral que irá enfrentar. “O partido não pediu nada. Não pediu pra eu me afastar. Eu é que estou pedindo agora. Não houve ação de ninguém, foi uma decisão minha, em prol da minha candidatura”, explicou.

Reprodução

Comunicado oficial

E continuou: “Eu pedi a licença para poder me dedicar à minha campanha. Na presidência eu estava trabalhando pros outros e nesse momento eu preciso trabalhar pra mim, pra campanha. Se eu não cuidar da campanha, ninguém cuida. Partido não cuida de ninguém”.

Enquanto estiver afastado, a presidência local do Podemos fica a cargo de Omar Coelho, atual vice-presidente e ex-presidente do partido. “O Omar era o presidente quando eu me filiei ao Podemos [em abril deste ano] e é um amigo. Durante as eleições ele terá tempo integral de se dedicar a esta função já que ele não saiu [candidato] a nenhum cargo e nem será suplente. Depois das eleições eu volto para o cargo”, explicou, justificando a escolha.

Nas redes sociais do partido e do candidato não há nenhuma menção à mudança, mas Álvaro Vasconcelos disse que o partido continua firme e forte trabalhando, sobretudo com o propósito de viabilizar as candidaturas que concorrerão nos pleitos de outubro deste ano.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *