Nova falta de energia prejudica fornecimento de água para Palmeira dos Índios

Captações das duas barragens que abastecem a cidade ficaram paradas por várias horas

Imagem ilustrativa

Um nova falta de energia nas captações das duas barragens que abastecem Palmeira dos Índios prejudicou o fornecimento de água para a cidade nesta quinta-feira (21). A suspensão do fornecimento elétrico ocorreu na tarde desta quarta (20), o qual somente foi restabelecido na madrugada de hoje. Com isso, ficou impossibilitada a retirada de água das barragens Caçamba e Carangueja, situadas na zona rural de Quebrangulo e usadas para abastecer Palmeira.

Com o retorno da energia na madrugada, os sistemas de abastecimento voltaram a operar, porém, o abastecimento de toda a cidade de Palmeira ficou comprometido. Nesta quinta, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) retomou o fornecimento de água para alguns bairros da cidade, de forma gradativa. Para os demais, o abastecimento somente será possível nesta sexta-feira (22). Depois de abastecer a cidade, será feita uma programação para abastecer as comunidades da zona rural.

No último domingo (17), o sistema da barragem Caçamba já somava cinco dias de dificuldades no abastecimento por conta de sucessivas faltas de energia elétrica na captação e na área da Estação de Tratamento de Água (ETA). Na segunda-feira (18), com o restabelecimento da energia, o sistema entrou em fase de recuperação, porém, com a nova falta de energia nesta quarta (20), todo o cronograma de abastecimento da cidade está comprometido.

Como as faltas de energia atingem a captação e a ETA de forma sucessiva desde o dia 13 deste mês, o abastecimento da cidade está irregular há mais de uma semana. Nesta quinta-feira, a Equatorial, empresa concessionária de energia, informou, por meio de sua Assessoria de Comunicação, que está com equipes em campo fazendo uma análise minuciosa do sistema elétrico da região afetada, em Quebrangulo, onde ficam as barragens operadas pela Casal, para tentar identificar as causas das faltas de energia e corrigi-las.

Veja Mais

1 comentário

  • Outro ponto sobre a água que queria relatar seria a de um distrito de Quebrangulo(Rua Nova),que mais de meses sofre com água em péssimas condições (com cheiro de ferrugem e textura barrenta),espero que possam nos ajudar,desde já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações