Câmara volta a debater situação do Pinheiro, agora em nova audiência pública

Ascom/Câmara de Maceió

Vereador Cléber Costa (Progressistas)

Além dos trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI), a Câmara Municipal de Maceió segue em outras frentes em busca de esclarecimento e soluções para os problemas que atingem, há um ano, o bairro do Pinheiro. Para isso, a Casa realiza, na próxima quinta-feira (28), Audiência Pública, a partir das 9h, no Plenário Vereador Silvânio Barbosa, em Jaraguá. A iniciativa é do vereador Cléber Costa (Progressistas). O parlamentar participou, inclusive, ao lado do presidente da CEI, Francisco Sales (PPL), e do relator substituto da comissão, Chico Filho (Progressistas), de Audiência Pública no Senado Federal, na semana passada, que também tratou do assunto em Brasília.

De acordo com o que foi discutido na capital federal, um laudo definitivo sobre causas e o que deve ser feito no Pinheiro será emitido pelo CRPM e Serviço Geológico do Brasil (SGB), responsáveis pelas pesquisas no solo do local. As vias e imóveis do bairro foram atingidos por afundamento, rachaduras e fissuras.

“Temos a CEI instalada e com os trabalhos em atividade, como a viagem da semana passada a Brasília, quando dois dos representantes da comissão ouviram esclarecimentos dos técnicos no Senado, oportunidade em que também pude estar presente. Como representante do povo, convoquei a audiência da próxima quinta-feira com o objetivo de fazer com a Câmara atue em outras frentes no debate necessário, com autoridades e pesquisadores, na busca por respostas. Mais que qualquer coisa, a Casa deve ser como, de fato, um canal aberto para ajudar a população. Obviamente, que o assunto não foi nem será esgotado, tendo em vista a complexidade que o Pinheiro, e agora Mutange e Bebedouro, apresentam”, destacou Cléber Costa.

Ainda segundo o vereador, foram convidados para a Audiência Pública entidades como Ministério Público Estadual e Federal; Braskem; Corpo de Bombeiros; Prefeitura de Maceió; Casal; UFAL; Defesa Civil Municipal e Estadual; Instituto do Meio Ambiente (IMA); Fecomércio; Agência Nacional de Mineração (ANM) e Ministério Público do Trabalho (MPT); Secretaria Adjunta Especial de Defesa Civil, juntamente com a Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais (CPRM); o senador Rodrigo Cunha (PSDB); além dos professores Abel Galindo Marques e Geraldo Marques.

ORDINÁRIA – No último dia 28 de fevereiro, os vereadores realizaram na Igreja Menino Jesus de Praga, localizada no Pinheiro, uma sessão ordinária da Câmara. O objetivo, além de ouvir os relatos dos moradores, foi prestar solidariedade à Comunidade. Durante três horas, diversas pessoas puderam descrever os problemas enfrentados e cobrar soluções. Além de já ter realizado outra audiência pública sobre o tema no ano passado, quando se começou a denunciar o drama vivido no bairro, desde que iniciou o ano legislativo de 2019, a Câmara tem se empenhado, dentro de suas atribuições, em buscar informações, acompanhar a situação e solicitar projetos do Poder Público, que resolvam os problemas e minimizem o sofrimento de moradores e comerciantes do Pinheiro. 

Fonte: Ascom/Câmara de Maceió

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações