IMA avalia surgimento de mancha escura no mar de Riacho Doce

IMA

Os técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA) colheram, nesse fim de semana, amostras de uma mancha escura que surgiu no mar de Riacho Doce, nas imediações da foz do rio que leva o mesmo nome.

De acordo com informações do IMA, outras manchas semelhantes surgiram na região nos anos de 2017 e 2018. Durante as avaliações, os técnicos descobriram que em Riacho Doce há um problema de acúmulo de água contaminada devido à ocupação desordenada de quase toda a margem. Caso as providências não sejam tomadas, a tendência é que a situação piore.

Desta vez, o IMA acredita que a água suja se dissipou após a movimentação da maré e a foz acabou  sendo impactada por águas contaminadas por conta da ocupação desordenada.

O órgão ambiental teme ainda que possa haver contaminação das águas por rejeitos do aterro sanitário de Maceió, licenciado e fiscalizado pelo poder executivo municipal.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações