Personalidades são agraciadas com a comenda Tia Marcelina

A sessão ocorrerá na manhã desta quinta-feira (25), no Plenário Silvânio Barbosa

Ascom Câmara

A Câmara de Municipal de Maceió concede, na próxima quinta-feira (25), às 9h, a Comenda Tia Marcelina a personalidades que se destacam na luta pelo fim da violência, pela defesa dos direitos humanos e contra a xenofobia, descriminação religiosa e social. A honraria foi proposta pelo vereador Cléber Costa (Progressistas) e aprovada pelos demais parlamentares da Casa.

A comenda é divida em quatro categorias, sendo elas: Yiá Detá , Yiá Kalá, Yiá Nassô e Tia Marcelina. Será agraciada na categoria Yiá Detá, Veronildes Rodrigues; a Mãe Vera do Abaçá da Angola, compositora e realizadora de trabalhos voluntários com jovens e, na mesma categoria, será agraciado o padre, escritor e professor-doutor Manoel Henrique Santana. Na categoria Yiá Kalá, a honraria será concedida ao professor Bruno César Cavalcanti, mestre em Antropologia Social e à professora Rachel Rocha, jornalista e doutora em antropologia. Na categoria Yiá Nassô serão homenageadas a Força Expedicionária Brasileira, instituição que lutou contra racismo, nazismo e fascismos durante a Segunda Guerra Mundial e a Cruz Vermelha Brasileira, instituição que atuou para salvar vidas nos campos de batalha durante a Segunda Guerra Mundial. Já na categoria Tia Marcelina, serão homenageados o juiz José Cícero Alves e a obstetra Aurelita Pimentel na categoria Tia Marcelina

Para o vereador e também criador da comenda, Cléber Costa, é uma honra homenagear personalidades e instituições que lutam pela defesa e promoção de crenças religiosas de origem africana e que tenham relevantes ações prestadas a Maceió, a Alagoas e ao Brasil em prol da verdadeira identidade do povo brasileiro e contra a discriminação religiosa, social e a xenofobia.

HONRARIA – A comenda Tia Marcelina é destinada a agraciar personalidades vinculadas à defesa e promoção de crenças religiosas de origem africana no Município de Maceió, que tenham prestado relevantes serviços em defesa e identificação da raça negra na formação de identidade do povo brasileiro, ou que tenham lutado contra a descriminação racial, religiosa ou social dos descendentes de povos africanos.

Fonte: Ascom Câmara

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações