Funcionária é obrigada a ficar nua durante assalto em Delmiro Gouveia

Givaldo Sá Oliveira

Centro de Delmiro Gouveia

A funcionária de uma loja foi obrigada a ficar nua durante um assalto sofrido na tarde desta segunda-feira, 13, no Centro de Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano. O bandido ainda a teria amarrado antes de ir embora.

Um homem ainda não identificado entrou em uma loja na rua 13 de Maio e rendeu a vendedora que estava sozinha no momento do crime.

A vítima relatou que durante o ato criminoso, o assaltante a rendeu, amarrou suas mãos, usou uma venda para cobrir seus olhos e ainda a deixou nua. Ela disse que ele não cometeu nenhum abuso.

Em um levantamento feito pelos proprietários da loja, do estabelecimento foram levados um computador, uma quantia não divulgada em dinheiro, entre outros objetos da loja.

A funcionária ficou em estado de choque e não conseguiu identificar se o suspeito portava algum tipo de arma, mas relatou que o homem chegou a pé e entrou no estabelecimento sem cobrir o rosto.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações