Ifal abre 50 vagas em cursinho para Enem em Marechal Deodoro

Dez vagas são para estudantes do campus, 10 para movimentos sociais e 30 para a comunidade do município

O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) abriu 50 vagas em um novo cursinho preparatório gratuito para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Cursinho Popular Luiza Mahin é um projeto de extensão e terá aulas noturnas no Campus Marechal Deodoro. As inscrições podem ser feitas até quinta-feira (13), na sala da pós-graduação em Educação e Meio Ambiente do campus, preenchendo e assinando a ficha de inscrição no local.

Das 50 vagas, 10 são para alunos da própria instituição, outras 10 são destinadas a movimentos sociais que atuem no município e as outras 30 são abertas à comunidade de Marechal Deodoro.

Podem se inscrever candidatos que estejam cursando o terceiro ano do Ensino Médio em 2019 ou tenham se formado no Ensino Médio em escola pública municipal, estadual, federal ou equivalente; estejam inscritos para o Enem 2019 e não estejam cursando ou tenham cursado graduação em instituições de ensino superior.

A seleção será feita via sorteio eletrônico público, que será realizado no dia 17 de junho, às 9h. Candidatos selecionados deverão fazer as matrículas entre os dias 17 e 25 de Junho, das 10h às 12h e das 14h às 18h, apresentando uma foto 3×4 e os originais e cópias dos seguintes documentos:

a) RG;

b) CPF;

c) Histórico ou declaração que comprove conclusão do Ensino Médio;

d) Declaração da escola em caso de o aluno estar cursando o último ano do Ensino Médio no ano de 2019;

e) Comprovante de residência;

f) Comprovante de inscrição para o Enem 2019.

O coordenador do projeto, professor Zilas Nogueira, explica que o cursinho busca contribuir para que jovens e trabalhadores da comunidade possam ter acesso ao ensino superior, a partir da experiência exitosa do Ifal em inserir estudantes nas universidades. “Acreditamos que a universidade não é apenas para uma elite. Queremos que o cursinho seja um espaço de reflexão, debate e ampliação de conhecimento, de trabalhadores e jovens que estudaram ou estudam em escolas públicas, no campo da ciência, filosofia e arte”, afirma Zilas, que dará aulas no cursinho junto a outros professores da instituição.

As aulas do Cursinho Popular Luiza Mahin terão início no dia 25 de junho, de segunda a sexta-feira, das 19h às 21h50. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo Instagram @cursinhopopularlm ou no Campus Marechal Deodoro.

Quem foi Luiza Mahin?

Luíza Mahin foi uma mulher negra, retirada da África para ser escravizada no Brasil no século XIX. Foi uma das líderes femininas da Revolta dos Malês, ocorrida em Salvador, no ano de 1835. Sua existência foi narrada pelo filho, o abolicionista Luiz Gama. O destino de Luíza foi incerto, mas a hipótese mais aceita entre historiadoras é que tenha sido presa e morta pelo poder imperial, devido à sua liderança no levante de escravos.

Fonte: Ifal Marechal Deodoro

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações