Saúde


Baixa no estoque faz Hemoal racionar sangue para cirurgias eletivas

Sem nenhuma bolsa de sangue das tipagens negativas, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) começou, nesta terça-feira (13), a racionar o fornecimento do hemocomponente para as cirurgiuas eletivas. Com isso, apenas os casos emergências, atendidos no Hospital Geral do Estado (HGE), por exemplo, estão sendo priorizados.

Para se ter idéia da situação crítica, até as 15 horas desta terça-feira (13), não havia nenhuma bolsa das tipagens A, B, AB e O Negativas. Quanto às tipagens positivas, havia no estoque 17 bolsas A Positiva, 9 B Positiva, 6 AB Positiva e 101 O Positiva.

Para reverter esta situação, a direção do Hemoal apela aos alagoanos para que compareçam à unidade e se candidatem à doação de sangue. O Hemoal Trapiche funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 8h ao meio dia. Já o Hemoal Farol, situado no Hospital do Açúcar, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h.

As doações também podem ser realizadas no Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar). O órgão, que está localizado na Rua Dr. Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Quem pode doar – Para se candidatar à doação de sangue é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto, segundo exigência do Ministério da Saúde (MS). No caso dos menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado dos pais e o voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos.

Segundo a diretora do Hemoal, Verônica Guedes, é indispensável que o voluntário compareça bem alimentado ao local de doação de sangue. “Quanto às gestantes e lactantes, não é permitida a doação e para àqueles que pretendem repetir o procedimento, é estipulado um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres”, esclarece.

Coleta Externa – E nesta quarta-feira (14), o Hemoal realiza coleta externa de sangue na Igreja Adventista do Pilar, situada no Centro da cidade. A ação ocorre das 8h às 16h e tem o objetivo de formar um estoque de sangue estratégico para atender a demanda transfusional.

Fonte: Ascom/Sesau

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>