Meio Ambiente


Sempma autua motel em Jacarecica por crime ambiental

Marco Antonio/Secom MaceióSempma autua motel em Jacarecica por crime ambiental

Sempma autua motel em Jacarecica por crime ambiental

A Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) autuou, na manhã desta terça-feira (14), o Motel Ceqsabe, no bairro da Jacarecica. Uma equipe do Mar Aberto, projeto da Sempma, flagrou esgotos clandestinos no estabelecimento, onde outras irregularidades já tinham sido encontradas. A ação aconteceu em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra).

Graciete Gomes da Silva, coordenadora do Projeto Mar Aberto, explicou que o motel havia recebido o prazo para regularizar a situação do esgoto, mas nada foi feito. “Da primeira vez, autuamos no Código Ambiental do município, pela Lei 4.448. Mas, hoje a autuação será pela Lei 9.605, que é federal”, disse.

O esgoto que sai do motel, sem tratamento, é despejado diretamente no Rio Jacarecica. Graciete afirmou que a equipe constatou que os responsáveis pelo estabelecimento tentaram enganar a fiscalização, já que colocaram areia no local de onde saíam os dejetos. “Eles agiram de má fé,tentando fazer com que a gente pensasse que tudo estava resolvido. Estamos, mais uma vez, autuando, mas agora na esfera federal. O estabelecimento terá um prazo de até 15 dias para regularizar a situação e se isso não for feito, o motel será interditado”, disse ela.

Residencial

A Sempma também verificou uma denúncia de esgoto irregular na Pajuçara. A equipe do Mar Aberto voltou ao Residencial Jardim Tropical A para observar se a situação, constatada semana passada, havia sido solucionada. Por conta das chuvas, o esgoto transbordou causando transtornos para a população.

“É muito importante que a população contribua com esse tipo de denúncia, pois temos condições de detectar e solucionar os problemas, trabalhando em conjunto com a Casal. Pelo telefone 3315-4735 recebemos essas informações. O objetivo do nosso projeto é evitar o lançamento de esgotos clandestinos no mar para que não surjam as línguas sujas”, ressaltou Graciete.

No bairro da Cruz das Almas, o Mar Aberto também tem atuado. Na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, o canal de águas férreas, que deságua no mar, passa pelo tratamento de uma estação elevatória. “A administração do prefeito Rui Palmeira tem essa preocupação. A questão na Cruz das Almas melhorou bastante com as bombas em funcionamento”, finalizou Graciete.

Fonte: Secom Maceió

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>