Política


Pagamento de rateio do Fundeb depende de aprovação da Assembleia

O rateio da sobra dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação Básica (Fundeb), que seria pago no dia 30 de dezembro, conforme foi anunciado pelo governador Teotonio Vilela no último dia 17, está inviabilizado em consequência da greve dos servidores da Assembleia Legislativa Estadual.

Esperado com grande expectativa pelos professores em atividade na rede estadual de ensino, o pagamento do rateio depende de aprovação da Lei necessária a sua efetivação. O projeto, que beneficia 12 mil professores efetivos e contratados, já foi enviado à Assembleia, mas não foi votado.

Este ano, o volume total de recursos do rateio é de R$ 35 milhões, equivalente a duas folhas salariais dos professores em atividade.

Fonte: Assessoria

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>