São Paulo domina o Prêmio Craque Brasileirão

globoesporte.comHernanes e Thiago Silva foram os únicos jogadores a vencer em duas categorias

Hernanes e Thiago Silva foram os únicos jogadores a vencer em duas categorias

Um dia depois de conquistar o hexacampeonato nacional, o São Paulo foi o protagonista do Prêmio Craque Brasileirão. Levou a melhor em quatro categorias, incluindo a de craque do campeonato, que ficou com o meia Hernanes, também eleito o melhor volante pela direita. Miranda entrou na zaga, pelo lado esquerdo, pelo segundo ano seguido. Muricy, por sua vez, foi tetracampeão ao ser indicado o melhor técnico pelo quarto ano consecutivo. As outras premiações ficaram espalhadas entre oito times.

O Palmeiras, que tinha o mesmo número de indicações do Tricolor (oito), ganhou dois troféus, assim como Flamengo e Fluminense. Coritiba, Cruzeiro, Grêmio, Inter e Santos também foram premiados, uma vez cada.

A seleção do campeonato foi formada por Victor, Leo Moura, Thiago Silva, Miranda e Juan; Hernanes, Ramires, Diego Souza e Alex; Kléber Pereira e Alex Mineiro. O técnico Muricy Ramalho ganhou pelo quarto ano consecutivo, assim como o árbitro gaúcho Leonardo Gaciba. O atacante Keirrison, do Coritiba, foi eleito a revelação do campeonato.

O Craque da Galera foi o zagueiro Thiago Silva, do Fluminense. Juan, do Flamengo, ficou em segundo lugar, à frente do são-paulino Hernanes.

Simon é vaiado e quebra protocolo
O árbitro Carlos Eugênio Simon foi responsável pela única quebra de protocolo – anunciada pelo próprio, aliás. Vaiado quando teve seu nome citado entre os candidatos, o gaúcho foi ao microfone para defender o colega Wagner Tardelli, vetado da partida decisiva do Brasileirão (Goiás x São Paulo) por causa de uma denúncia de que iria receber um envelope suspeito do São Paulo.

Após sofrer com mais vaias, e ganhar alguns aplausos, ele emendou: – Já fomos vaiados por Maracanã, Olímpico, Mineirão e Beira-Rio lotados. Não são torcedores pouco simpáticos que vão nos tirar do sério. Gostaria de ser solidário ao companheiro Wagner Tardelli. A arbitragem brasileira é séria, competente e honesta.

O evento, realizado nesta segunda-feira em uma casa de espetáculos no Rio de Janeiro, foi apresentado pelos atores Marcos Palmeira e Tony Ramos. O segundo, torcedor do São Paulo, recebeu uma medalha de campeão nacional das mãos do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, no momento da entrega do troféu ao Tricolor.

Fiel leva o troféu Torcida de Ouro
O Corinthians não esteve presente no palco apenas para receber a taça de campeão da Série B. A Fiel foi homenageada com o troféu Torcida de Ouro, recebido pelo presidente Andrés Sanches. O Atlético-GO também levou para casa o seu troféu, de campeão da Série C.

Os únicos indicados que não estiveram presentes no palco foram os palmeirenses Marcos e Alex Mineiro, que ganhou na sua categoria. O evento homenageou os jogadores que participaram há 50 anos do primeiro título mundial do Brasil, com destaque especial para Pelé.

Confira todos os vencedores do Prêmio Craque Brasileirão 2008:

Goleiro:
1º Victor (Grêmio)
2º Rogério Ceni (São Paulo)
3º Marcos (Palmeiras)

Lateral-direito:
1º Leo Moura (Flamengo)
2º Vitor (Goiás)
3º Elder Granja (Palmeiras)

Zagueiro pela direita:
1º Thiago Silva (Fluminense)
2º André Dias (São Paulo)
3º Fábio Luciano (Flamengo)

Zagueiro pela esquerda:
1º Miranda (São Paulo)
2º Ronaldo Angelim (Flamengo)
3º Réver (Grêmio)

Lateral-esquerdo:
1º Juan (Flamengo)
2º Leandro (Palmeiras)
3º Kleber (Santos)

Volante pela direita:
1º Hernanes (São Paulo)
2º Rafael Carioca (Grêmio)
3º Pierre (Palmeiras)

Volante pela esquerda:
1º Ramires (Cruzeiro)
2º Guiñazu (Inter)
3º Diguinho (Botafogo)

Meia-direita:
1º Diego Souza (Palmeiras)
2º Tcheco (Grêmio)
3º Ibson (Flamengo)

Meia-esquerda:
1º Alex (Inter)
2º Wagner (Cruzeiro)
3º Lucio Flavio (Botafogo)

Primeiro atacante:
1º Kléber Pereira (Santos)
2º Guilherme (Cruzeiro)
3º Keirrison (Coritiba)

Segundo atacante:
1º Alex Mineiro (Palmeiras)
2º Nilmar (Inter)
3º Kléber (Palmeiras)

Treinador:
1º Muricy Ramalho (São Paulo)
2º Vanderlei Luxemburgo (Palmeiras)
3º Celso Roth (Grêmio)

Craque:
1º Hernanes (São Paulo)
2º Kléber Pereira (Santos) e Alex (Inter)

Craque da Galera:
1º Thiago Silva (Fluminense)
2º Juan (Flamengo)
3º Hernanes (São Paulo)

Revelação:
1º Keirrison (Coritiba)
2º Marquinhos (Vitória) e Jean (São Paulo)

Árbitro:
1º Leonardo Gaciba (RS)
2º Leandro Vuaden (RS)
3º Carlos Eugênio Simon (RS)

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações