Suíça inclui novos nomes na lista de envolvidos da Al Qaeda

O governo suíço anunciou nesta terça-feira a inclusão de novos nomes na lista de pessoas e organizações que supostamente estão vinculadas à rede terrorista Al Qaeda, comandada por Osama bin Laden. Os grupos estão sujeitos a sanções financeiras, e os civis podem ser proibidos de entrar no país, mesmo que estejam apenas de passagem.

O Departamento Federal de Economia informou que foram incluídos os nomes de três suspeitos nascidos na Indonésia, sem revelar a identidade dessas pessoas.

Os grupos que estão ameaçados de sanções são o Lashkar e Toiba (Exército do Justo), rebeldes islâmicos ativos na região indiana da Caxemira, e o Jihad Islâmico egípcio, presente na Ásia Central.

A informação será repassada agora aos bancos estabelecidos na Suíça, que deverão investigar a existência de contas ou registros financeiros sob esses nomes.

Com essa disposição, a Suíça aplica as decisões do Comitê de Sanções da ONU (Organização das Nações Unidas).

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações