Programa melhora atendimento no setor público

TRTBerenaldo Silva: "Os órgãos estão envolvidos em benefício do cidadão"

Berenaldo Silva: "Os órgãos estão envolvidos em benefício do cidadão"

Os cidadãos que precisam recorrer ao serviço público encontram um sistema com mais qualidade de atendimento, resultado do programa gerenciado pelo Ministério do Planejamento. O coordenador do Núcleo Regional de Qualidade no Serviço Público, Berenaldo Messias da Silva, explica como o programa funciona na entrevista do TRT Informa desta semana, antecipada pelo Alagoas 24 Horas.

Quais as origens do programa?

O programa tem como missão implantar a qualidade no serviço público. Sua origem foi em 1991, com o antigo programa brasileiro de qualidade e produtividade, que tinha um foco mais interno nos processos. Ele se desenvolveu e, a partir de 1999, chegou ao terceiro estágio, que é o programa nacional do serviço público, conhecido hoje como programa de qualidade de serviço público. O foco é no cidadão e o modelo de excelência é usado também pelas empresas privadas.

Que órgãos compõem esse núcleo aqui em Alagoas?

De forma efetiva, Correios, Tribunal Regional do Trabalho, Delegacia Regional do Trabalho, Hemocentro de Alagoas e Ceal. Eles têm um encontro mensal onde são discutidos vários pontos, inclusive, práticas melhores dentro dos critérios do programa de qualidade.

Quais atribuições e atividades o núcleo exerce em Alagoas?

O núcleo tem, basicamente, a missão de disseminar dentro do Estado um modelo de excelência na cultura da qualidade e também fazer avaliações da gestão do órgão. Quando a organização adere ao programa, faz a inscrição no site: www.planejamento.gov.br realizando uma auto-avaliação da gestão em um formulário que concede uma pontuação até cem pontos. O núcleo analisa essa auto-avaliação e verifica em qual estágio de evolução o padrão de qualidade daquela instituição está. Fazemos o acompanhamento desses órgãos tanto nas nossas reuniões quanto no apoio sistemático, ou seja, um telefonema, uma ajuda, a disseminação da idéia, a dúvida sobre o indicador de qualidade, que processo entre outros. Esse papel de consultoria voluntária, um ajudando o outro, é na realidade, uma parceria entre os órgãos.

A partir desse programa, que mudanças o cidadão pode esperar?

A auto-avaliação nos indica em qual ponto nós devemos melhorar. A partir daí, se elabora um plano de melhorias e só quem tem a ganhar é o cidadão, a sociedade. Melhores processos significam melhores atendimentos e conseqüentemente menores custos.

Saiba mais

O programa da Justiça do Trabalho de Alagoas é apresentado por Victor Máximo, Rachel Amorim e Gracielle Suíca, na Tv Mar, canal 35 da Big Tv, de segunda a sexta-feira, às 11h45 e 19h30.

Fonte: TRT

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações