Milhões de pessoas tentam fugir do Furacão Rita

Cerca de 2 milhões de pessoas tentam fugir do furacão Rita, que já provoca caos em dois Estados: Texas e, mais uma vez, na Louisiana. Na manhã hoje, além de um incêndio em um ônibus, que deixou 24 mortos em Dallas, fortes chuvas voltaram a inundar um bairro de Nova Orleans.

Ninth Ward, a leste do conhecido Bairro Francês de Nova Orleans –destruído pelo furacão Katrina, foi inundado após a quantidade de água da chuva superar a capacidade do dique de proteção.

Atualmente, o furacão Rita está na categoria 4 da escala Saffir-Simpson, a mesma em que se encontrava o Katrina quando atingiu a Louisiana no final do mês passado, devastando a região.

Nas estradas a situação não é menos perturbadora. Carros carregados com alguns pertences, água e alimentos, enfrentam até 20 horas de congestionamento para escapar das regiões mais propensas aos estragos do Rita –que vai de Corpus Christi (costa do Texas) a Morgan City (costa da Louisiana).

Fogo

Na manhã desta hoje, um incêndio causado por falha mecânica em ônibus deixou 24 mortos e 13 feridos perto de Dallas (Texas). O veículo, que atravessava a interestadual 45, umas das principais vias de acesso no leste do Estado, transportava idosos e doentes de um hospital considerado um dos alvos do furacão.

O incêndio foi seguido de várias explosões, causadas pelo contado do fogo com os tanques de oxigênio usados para o auxílio dos pacientes. O fogo também provocou um engarrafamento de 27 quilômetros na estrada.

O Rita avança com ventos que chegam a 217 km/h e pode causar uma grande destruição nas cidades costeiras desses dois Estados. Ele também ameaça as plataformas de petróleo texanas, núcleo da indústria petroquímica dos EUA.

De acordo com os meteorologistas, é possível que as cidades texanas de Houston e Galveston não sejam atingidas diretamente pelo Rita, que sofreu uma ligeira mudança de rota nesta quinta-feira, dirigindo-se um pouco mais ao norte do golfo do México.

Essa mudança de rota aproximou o furacão da Louisiana, que pode sentir com mais força os efeitos do Rita, como a enchente causada hoje em Nova Orleans.

Fonte: Folha Online

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações