Número de países com embargo à carne brasileira sobe para 43

O Ministério da Agricultura informou, hoje que subiu de 41 para 43 o número de países que impuseram embargo à carne bovina brasileira — a Suíça e a Indonésia entraram na lista. A barreira foi levantada após a descoberta de um foco de febre aftosa no Eldorado, Mato Grosso do Sul. Alguns países suspenderam a importação de carne apenas do Mato Grosso do Sul, enquanto outros proibiram a compra de qualquer gado brasileiro.

Entre os países que bloquearam as exportações, além da Indonésia e da Suíça, estão Rússia, Cuba, África do Sul, Israel, Chile, Argentina, Bolívia, Uruguai, Paraguai, Cingapura, Egito, Moçambique, Namíbia, Noruega, Peru, Ucrânia e 25 nações da União Européia.

A Indonésia não suspendeu só os produtos processados de animais e seus derivados, mas também a compra de farelo de soja e matérias-primas, equipamentos, maquinaria e medicamentos. O embargo vale para todo o país. O Departamento de Assuntos Sanitários e Fitossanitários da Secretaria de Relações Internacionais informou que o Brasil vai questionar na OMC (Organização Mundial do Comércio) a decisão da Indonésia de suspender as importações de produtos que não têm relação com a febre aftosa.

Já a Suíça suspendeu as importações de artiodáctilos vivos e seus produtos (carne e produtos à base de carne, miúdos naturais e alguns subprodutos animais). A barreira vale para os Estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo.

A União Européia, principal importador da carne bovina brasileira, e a Noruega proibiu a entrada do produto procedente dos Estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. A Rússia bloqueou a entrada de cortes de gado do MS. A Ucrânia bloqueou as carnes produzidas no MS e Paraná.

Na América do Sul, a Argentina limitou as restrições aos animais, carnes, produtos e subprodutos frescos de espécies suscetíveis à aftosa dos municípios sul-matogrossenses de Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã e Mundo Novo.

Paraguai e Bolívia suspenderam o comércio de animais suscetíveis à aftosa, produtos e subprodutos de todo o MS. Já o Peru e o Uruguai proibiram a entrada de carne bovina e suína, produtos e subprodutos de todo o Brasil.

Fonte: Diário Online

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações