Celebridades


Claudia Leitte associa treinos a videogame de dança com filhos: ‘Rainha do Xbox’

'Trabalha isometria, fortalece o corpo todo e é bom pra condicionamento físico', afirmou a cantora à revista 'Boa Forma'

ReproduçãoClaudia Leitte

Claudia Leitte

Após comemorar a chegada de 2018 em São Paulo, onde comandou o show de réveillon, Claudia Leitte não vê a hora de se apresentar Carnaval de Salvador. E, para estar disposta na folia, os treinos se intensificam pelo menos quatro meses antes. Com uma ajuda inusitada a mãe de David, 8 anos, e Rafael, 5 anos – que a acompanharam em seu show no Festival da Virada de Salvador – dribla a monotonia: ela complementa seus treinos com videogames de dança. “Virei a rainha do Xbox: quase todo dia, eu colocava o treino de dança no videogame e passava meia hora brincando com os meninos. É uma malhação mais lúdica. Trabalha isometria, fortalece o corpo todo e é bom pra condicionamento físico, pro palco”, listou.

‘PUXAR TRIO É UMA ATIVIDADE FÍSICA’, COMPAROU

A jurada do “The Voice Kids”, cuja estreia foi marcada por sua emoção, comparou os shows de Carnaval a uma maratona. “Puxar trio é como uma atividade física: se você perde um pouquinho o contato com o público, o músculo esfria, a energia esfria. Então eu vou cantando, ‘Vamos lá pessoal’, dá um solo de trompete e… [Claudia faz um som que simula engolir a comida]pronto!”, afirmou Claudia, completando: “Em cima dele [trio elétrico], sou uma atleta”. E descanso também não tem vez: “Não tem intervalo, mulher! É non-stop. Eu não desço de lá, não vou pra um cantinho comer, nada… Nem faço xixi! É só transpirando, só no sovaco”, afirmou a artista, que tem o chocolate como aliado na TPM.

ALIMENTAÇÃO REGRADA É ROTINA: ‘DESDE CRIANÇA’

Dona de uma silhueta sequinha, Claudia explicou ainda que, para ela, comer bem não é uma questão. “Eu me alimento superbem desde criança. Meu avô mandava legumes e verduras pra gente. Minha mãe passava no supermercado só para comprar produtos de limpeza. A comida mesmo vinha toda da Feira das Sete Portas [mercado típico de Salvador]. Cresci com esse hábito e até hoje troco uma pizza por um prato de cozido de carne com todos os legumes que você puder imaginar: jiló, maxixe, batata, batata-doce…”, relatou.

‘Trabalha isometria, fortalece o corpo todo e é bom pra condicionamento físico’, afirmou a cantora à revista ‘Boa Forma’

Após comemorar a chegada de 2018 em São Paulo, onde comandou o show de réveillonClaudia Leitte não vê a hora de se apresentar Carnaval de Salvador. E, para estar disposta na folia, os treinos se intensificam pelo menos quatro meses antes. Com uma ajuda inusitada a mãe de David, 8 anos, e Rafael, 5 anos - que a acompanharam em seu show no Festival da Virada de Salvador - dribla a monotonia: ela complementa seus treinos com videogames de dança. “Virei a rainha do Xbox: quase todo dia, eu colocava o treino de dança no videogame e passava meia hora brincando com os meninos. É uma malhação mais lúdica. Trabalha isometria, fortalece o corpo todo e é bom pra condicionamento físico, pro palco”, listou.

‘PUXAR TRIO É UMA ATIVIDADE FÍSICA’, COMPAROU

A jurada do “The Voice Kids“, cuja estreia foi marcada por sua emoção, comparou os shows de Carnaval a uma maratona. “Puxar trio é como uma atividade física: se você perde um pouquinho o contato com o público, o músculo esfria, a energia esfria. Então eu vou cantando, ‘Vamos lá pessoal’, dá um solo de trompete e… [Claudia faz um som que simula engolir a comida]pronto!”, afirmou Claudia, completando: “Em cima dele [trio elétrico], sou uma atleta”. E descanso também não tem vez: “Não tem intervalo, mulher! É non-stop. Eu não desço de lá, não vou pra um cantinho comer, nada… Nem faço xixi! É só transpirando, só no sovaco”, afirmou a artista, que tem o chocolate como aliado na TPM.

ALIMENTAÇÃO REGRADA É ROTINA: ‘DESDE CRIANÇA’

Dona de uma silhueta sequinha, Claudia explicou ainda que, para ela, comer bem não é uma questão. “Eu me alimento superbem desde criança. Meu avô mandava legumes e verduras pra gente. Minha mãe passava no supermercado só para comprar produtos de limpeza. A comida mesmo vinha toda da Feira das Sete Portas [mercado típico de Salvador]. Cresci com esse hábito e até hoje troco uma pizza por um prato de cozido de carne com todos os legumes que você puder imaginar: jiló, maxixe, batata, batata-doce…”, relatou.

Fonte: Purepeople

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>