Em Maceió, ex-PM tenta matar a mulher e depois atira contra si

Facebook

Alcir Feitosa atirou contra ex-companheira e depois se matou

Um ex-militar e guarda municipal morreu no final da tarde deste domingo (23) após tentar matar a ex-companheira e atirar contra si mesmo, dentro do veículo de sua propriedade. A tentativa de homicídio ocorreu no bairro do Clima Bom, na parte alta da capital.

De acordo com informações repassadas pelo Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), o ex-casal estava dentro do veículo HB20 de cor vermelha e placa ORH 9290/AL, quando Alcir Feitosa dos Santos, 52 anos, atirou contra a cabeça de Cristina Alexandre dos Santos, de 45 anos.

Após atirar contra a ex, o guarda municipal teria atirado contra si, morrendo no local. A mulher foi socorrida pelo samu e encaminhada para o Hospital Geral do Estado. Um boletim médico deve ser divulgado na manhã de hoje. Informações iniciais dão conta que Cristina foi alvejada na cabeça e abdome, foi submetida a procedimento cirúrgico e seu estado geral é considerado grave.

Dentro do veículo a polícia ainda apreendeu a arma do crime, uma pistola Taurus 380, registrada em nome de Alcir. O corpo do ex-militar foi periciado e encaminhado ao Instituto Médico Legal Estácio de Lima, onde será submetido à necropsia e posteriormente será liberado para sepultamento.

Veja Mais

1 comentário

  • Kalil says:

    Mulher só sofre, quando tenta se livrar de um problema, o problema possui uma arma. Homem de verdade não precisa de arma nem se humilhar. Não dá certo, adeus, ninguém morre de amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações